Notícia

Benfica faz tetra na Supertaça

Oct 23, 2016

O Benfica ganhou a Supertaça feminina pela quarta vez consecutiva.

Nas últimas três temporadas, o Benfica ganhou tudo o que a nível nacional foi disputado em femininos: três Taças, três Supertaças e três campeonatos. E a nova temporada começou com nova conquista encarnada.

Andreia Dâmaso inaugurou o marcador

Na decisão da Supertaça, entre o hegemónico Benfica e a finalista vencida da última edição da Taça de Portugal, a Académica de Coimbra, as coisas nem começaram bem para as encarnadas. Com apenas cinco segundos decorridos, Andreia Dâmaso, que já representou as águias, fez o golo inaugural para as estudantes.

Na Supertaça estiveram quatro vice-campeãs do Mundo: Beatriz Figueiredo (Académica), Maria Celeste Vieira, Marlene Sousa e Rute Lopes (Benfica).

O Benfica tinha mais posse de bola e criava oportunidades de golo, mas a Académica sob o comando de Luís Simões estava bem organizada defensivamente e contava com uma Alice Vicente muito inspirada na baliza.

Alice Vicente venceu o duelo particular com Marlene Sousa

As encarnadas não aproveitaram uma grande penalidade - pela capitã Rute Lopes - e aos oito minutos valeu Maria Celeste Vieira para evitar que a Briosa, por Salomé Simões de livre directo, ampliasse para dois golos de vantagem.

Ao intervalo, Marlene Sousa foi homenageada pela Associação de Patinagem de Aveiro pela escolha como melhor jogadora do Mundial de Iquique.

A seis minutos do intervalo, Paulo Almeida pediu um desconto de tempo que aparentemente seria bom conselheiro. Menos de um minuto volvido, Rita Lopes fez a igualdade com que se chegaria ao intervalo.

Rita Lopes bisou para a reviravolta no jogo

Se o empate no final dos primeiros 20 minutos reflectia algum equilíbrio - ainda que também pelos reiterados pecados na finalização das encarnadas frente a Alice Vicente - a segunda parte foi totalmente dominada pelo Benfica.

Desde Outubro de 2013 - a primeira das quatro Supertaças - que só o Benfica ganha títulos em Portugal.

A impor um ritmo muito forte desde o reatamento, as tetracampeãs nacionais desgastaram a Académica, consumaram a reviravolta por Rita Lopes, e só Alice ia evitando que as encarnadas disparassem no marcador. Mas os golos de Rute Lopes, a nove minutos do final, e da chilena Macarena Ramos, quando a Académica, sem nada a temer, tentava subir, não deixaram espaço para qualquer reacção.

Macarena Ramos fechou a contagem

O 1-4 final coroa o Benfica com a quarta Supertaça feminina da sua história, igualando o número de conquistas da Fundação Nortecoope e aproximando-o do recorde de seis do Centro Desportivo Nortecoope.

Em conferência de imprensa, o treinador da Académica, Luís Simões, reconheceu alguma incapacidade para contrariar a pressão das encarnadas, mas garante que a sua equipa tem espaço para melhorar. Paulo Almeida falou de uma vitória justa, mas destacou as falhas na finalização da sua equipa. As capitãs Sara Moreira e Rute Lopes marcaram presença e analisaram também a partida.

No próximo fim-de-semana arranca o Campeonato Nacional. O Benfica inicia a defesa do título em Alverca, enquanto a Académica de Coimbra se desloca a Arazede.

Jogos relacionados

AA Coimbra
1 : 4
22 Out 16h00
SL Benfica
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade