Notícia

Uma espécie de ante-estreia do Mundial

Apr 12, 2017

Arranca esta quarta-feira em Montreux a 67ª edição da Taça das Nações.

O prestigiado torneio que é organizado desde 1921 e que é disputado de dois em dois anos na antecâmara dos Campeonatos do Mundo, terá este ano uma das suas edições mais competitivas, com um invejável cartaz.

Taça das Nações não terá cobertura televisiva, havendo uma possibilidade - mas ainda nenhuma confirmação - de streaming dos jogos.

Pese a ausência de algumas figuras - em particular na selecção italiana, que já não levava Illuzzi e Ambrosio e teve de trocar os dois guarda-redes à última da hora por lesão - a disputa promete ser um excelente aperitivo para o Mundial que se realiza em Setembro, na China.

Para além do Montreux HC, anfitrião do evento, presentes estarão a Argentina, actual campeã do Mundo, Portugal, campeão europeu, a emergente França, as combativas selecções angolana e chilena, que no último campeonato do Mundo colocaram em sentido Espanha e Itália, históricos candidatos que também marcam presença, mas com paradigmas distintos. A Espanha, vice-campeã mundial, surge com uma selecção mais forte do que tem habituado noutras edições deste certame, enquanto a Itália, vice-campeã europeia, surge com cinco estreantes, num claro teste para alargar o lote de seleccionáveis para Nanjing.

Portugal procurará fazer melhor que em 1999, quando chegou a Montreux como Campeão da Europa, mas perdeu 2-1 na final com Espanha

A prova disputa-se numa primeira fase de grupos até próxima sexta-feira, com os dois primeiros de cada grupo a disputarem as meias-finais no sábado. No domingo, a partir das 20h locais, joga-se a grande final onde poderão estar quatro reincidentes em títulos. Portugal (em 18 ocasiões), Espanha (16), Montreux (5) e Argentina (2) já conquistaram a Taça das Nações num feudo que, nos últimos 10 anos é exclusivamente das selecções ibéricas.

Desde 1997 que Portugal e Espanha dividem os dois primeiros lugares na Taça das Nações. A Espanha conquistou um inédito penta entre 1999 e 2007 e Portugal vence desde 2009, podendo agora também alcançar os cinco títulos consecutivos. Mas a Argentina, que não é presença regular em Montreux, é um "risco" para esta tradição de Páscoa ibérica...

Grupo A

Portugal

Nelson Filipe e Pedro Henriques; Henrique Magalhães, Luís Querido, Hélder Nunes, João Rodrigues, José Rafael Costa ("Rafa"), Miguel Vieira ("Vieirinha"), Gonçalo Alves e João Souto

Seleccionador: Luís Sénica

Pedro Gil regressa à "La Roja" depois de ter falhado o Campeonato da Europa por lesão

Espanha

Xavier Malián e Gerard Camps; Eduard Lamas, Enric Torner, Pau Bargalló, Nil Roca, Ignacio Alabart, Raul Marin, Cristian Rodriguez e Pedro Gil

Seleccionador: Quim Pauls

Chile

Felipe Quintanilla e Maximiliano Armijo; Felipe Castro, Gabriel Tudela, Angel Vera, Nicolas Carmona, Armando Quintanilla, Nicolas Fernandez, Marc Fija e Benjamin Puentes

Seleccionador: Jose Luis Paez

Francisco Veludo (HC Braga) é o dono da baliza angolana

Angola

Francisco Veludo e Pedro Watanga; André Centeno, João Pinto, Humberto Mendes ("Big"), Márcio Fernandes, Anderson Silva ("Nery"), Adilson Diogo e Airton Chissananga

Seleccionador: Fernando Fallé

Grupo B

França

Baptiste Bonneuau, Loic Chibois e Lilian Debrouver; Anthony Le Roux, Bruno Di Benedetto, Carlo Di Benedetto, Roberto Di Benedetto, Remi Herman, Antoine Le Berre, Mathieu Le Roux e Omar Nedder

Seleccionador: Fabien Savreux

Lucas Ordoñez e Nicolía tentarão que a conquista do Mundial não seja um "caso isolado"

Argentina

Valentin Grimalt e Constantino Acevedo; Lucas Martinez, Carlos Nicolia, Matias Platero, Matias Pascual, Franco Platero, Lucas Ordoñez, Gonzalo Romero e Reinaldo Garcia

Seleccionador: Dario Giuliani

Itália

Bruno Sgaria e Mattia Verona; Stefano Dal Santo, Francesco Compagno, Alessandro Verona, Davide Banini, Andrea Malagoli, Giulio Cocco, Samuele Muglia e Marco Pagnini

Seleccionador: Massimo Mariotti

Giulio Cocco é um dos jovens talentos que Mariotti leva à Suíça

Montreux

Jean-Pierre Vizio e Guillaume Oberson; Marc Armero, Pujals Estevet, Xavier Terns, Yannick Vaucher, Arnau Bertran, Marc Monney, Tiago Sousa e Maxime Duvoisin

Treinador: Mateo de Ramon

Calendário (hora local)

Quarta-feira, 12 de Abril

17h30 Itália vs França (Grupo B)

19h30 Montreux HC vs Argentina (B)

21h00 Portugal vs Chile (A)

22h30 Espanha vs Angola (A)

Quinta-feira, 13 de Abril

17h30 França vs Montreux HC (B)

19h30 Espanha vs Chile (A)

20h30 Argentina vs Itália (B)

22h00 Angola vs Portugal (A)

Sexta-feira, 14 de Abril

17h30 Chile vs Angola (A)

19h00 Itália vs Montreux HC (B)

20h30 Portugal vs Espanha (A)

22h00 Argentina vs França (B)

Sábado, 15 de Abril

14h00 Eliminatória 5º ao 8º lugares

16h00 Eliminatória 5º ao 8º lugares

18h00 Meia-final #1

20h00 Meia-final #2

Domingo, 16 de Abril

14h00 Jogo dos 7º e 8º lugares

16h00 Jogo dos 5º e 6º lugares

18h00 Jogo dos 3º e 4º lugares

20h00 Final

Provas relacionadas

Taça das Nações - Fase de grupos
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade