Notícia

Oliveirense repete terceiro lugar

Oct 12, 2017

A Oliveirense repetiu na segunda edição da Elite Cup o terceiro lugar conquistado em 2016. Se no ano passado, a equipa de Tó Neve foi afastada nas "meias" pelo Porto e venceu depois o Benfica, desta feita os papeis dos adversários inverteram-se.

Sem Domingos Pinho (lesionado, mas a fazer recuperação junto da equipa) nem Pedro Moreira para este evento, a Oliveirense defrontou a Juventude de Viana nos quartos-de-final.

Pablo Cancela

Coube a Jordi Burgaya, único reforço para a nova temporada, abrir o marcador para uma vitória que acabaria por ser tranquila. Francisco Silva ainda restabeleceu a igualdade, mas - com um bis de Pablo Cancela - a Oliveirense recolheu aos balneários a vencer por 3-1. Na segunda parte, outro bis, desta feita de Nuno Araújo confirmou a vitória, que o golo de Emanuel Garcia, a fixar de livre directo o 5-2 final, não fez perigar.

Nas meias-finais, a Oliveirense tinha pela frente o Benfica, vindo de um apuramento complicado, só conseguido nas grandes penalidades. Numa partida dividida desde os primeiros instantes, Diogo Rafael e Nuno Araújo - que em 2008 conquistaram juntos no Mário Mexia a Taça Latina por Portugal - abriram as hostilidades com um golo para cada lado.

Na selecção que em 2008 conquistou a Taça Latina em Coimbra estavam, para além de Nuno Araújo (na foto) e Diogo Rafael, os agora leões Ângelo Girão e João Pinto

A Oliveirense sobreviveu - quer no livre directo, quer no "underplay" - a um azul mostrado a Burgaya, mas acabaria por recolher ao balneário a perder. A equipa "fiou-se" no apito da mesa e, enquanto o apito dos árbitros não soou (tardou muito...), o Benfica fez o 2-1.

A equipa saiu revoltada, mas não perdeu a cabeça. E logo no reatamento, Ricardo Barreiros converteu uma grande penalidade para restabelecer a igualdade.

No equilíbrio pelo qual se pautava o jogo, a eficácia ofensiva faria a diferença.

Ricardo Barreiros

Paulatinamente e sem que a Oliveirense conseguisse travar o rumo dos acontecimentos, o Benfica chegaria a um irrecuperável 6-2. Pablo Cancela - melhor marcador da equipa nesta Elite Cup com um total de quatro golos - ainda reduziu, mas a partida redundaria num 7-3 final.

Relegados para a luta pelo terceiro e quarto lugar, a Oliveirense tinha nesta ingrata partida um derradeiro e exigente teste para a Taça Continental, com nada menos do que o vigente campeão nacional e detentor da Taça. E a equipa de Tó Neves passou com distinção.

Jordi Bargalló

Jordi Bargalló deu vantagem aos seis minutos, mas o empate chegaria cinco minutos depois. E o Porto acabaria mesmo por virar o resultado antes do intervalo.

Já com os azuis-e-brancos na frente do marcador, Nuno Araújo viu o azul em dois momentos distintos. Em ambos, Puigbi negou o golo de livre directo e, em ambos, a solidariedade e coesão defensiva negaram o golo nos correspondentes dois minutos de inferioridade numérica.

João Souto

Depois da lição defensiva, a lição ofensiva. João Souto virou o jogo com dois golos e Pablo Cancela, que marcou nas três partidas, ampliou para 2-4. Já no último minuto, Bargalló fechou as contas no 2-5 final que selou o terceiro lugar entre a Elite.

Com Jordi Bargalló a prometer continuar a ser a referência da equipa, há a destacar a integração do jovem Jordi Burgaya. Consagrado campeão do Mundo em Nanjing ao lado de Xevi Puigbi, o jovem catalão que este ano chegou do Vic mostrou valor e que é clara opção na rotação de Tó Neves.

Jordi Burgaya

Para a Oliveirense, esta Elite Cup serviu primordialmente de preparação para o primeiro grande desafio da época, já neste próximo fim-de-semana.

Finalistas da Liga Europeia nas duas últimas temporadas, a equipa de Tó Neves beneficiou da alteração de formato da Taça Continental para disputar o primeiro título europeu da temporada. Agora em Final Four, a Oliveirense defrontará nas meias-finais, este sábado, dia 14, o Óquei de Barcelos. O troféu discute-se em Viareggio.

Uma semana volvida arranca o Nacional, com a Oliveirense a receber no Salvador Machado o Valongo.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade