Notícia

Vitórias para os seis primeiros

Feb 04, 2019

Apesar de ser fértil em resultados “inesperados”, na 18ª jornada da OK Liga é preciso “descer” até ao sétimo lugar para encontrar a primeira equipa a perder pontos este fim-de-semana. As seis melhores classificadas confirmaram o seu favoritismo e a luta pelo título e por um lugar na Liga Europeia ficou praticamente na mesma.

Quem destoou na “lei do mais forte” foi o Igualada, que não foi além de um empate a dois em Girona, que era penúltimo. Os arlequins até se adiantaram no marcador, com o primeiro de dois golos de Sergi Pla, mas os gironinos consumariam a reviravolta a quatro minutos do fim, num golo de Enric Torner. No entanto, a equipa orientada por outro distinto membro do clã Torner – Josep Enric – não segurou três pontos que seriam preciosos na luta pela manutenção, permitindo a igualdade por Pla, que soma seis golos nas três últimas jornadas.

No topo nada de novo

Entre os primeiros da classificação, o Barcelona voltou a passar numa pista difícil e os reais obstáculos à conquista de nova OK Liga são cada vez menos.

Em Voltregà, os blaugrana chegaram a uma vantagem de dois golos antes do intervalo, com golos de Gual e João Rodrigues. O português bisaria para o 1-3 na segunda parte, depois de Vargas reduzir, mas Pol Manrubia, de apenas 18 anos e com passagem pelos escalões de formação do Barcelona, lançou a incerteza ao fazer o 2-3 a oito minutos do fim. A equipa de Edu Castro não permitiria mais do que a “incerteza”, somando mais três pontos.

Por outro lado, o Liceo, em vez de suster, teve de carregar nos instantes finais do seu jogo. Carlo Di Benedetto, lançado depois de um poker na última jornada, fez os dois primeiros golos do encontro em Vendrell.

A combativa equipa da casa conseguiria anular a desvantagem antes do intervalo, com a igualdade consumada num golo do capitão Jordi Ferrer (“Ferreti”), e disputou a segunda parte taco-a-taco. Até aos derradeiros dois minutos.

De forma quase cruel, os pupilos de Juan Copa assinaram três golos para o pesado 2-5 final nos derradeiros instantes do jogo, demolindo o bom trabalho dos adversários. Dava Torres desfez a igualdade, Sergi Miras, ex-capitão “vendrellence”, “matou” o jogo e, praticamente sobre o apito, Carlo Di Benedetto selou um hat-trick que lhe permite apanhar Pablo Alvarez na liderança da lista de melhores marcadores, com 27 golos.

O Liceo mantém-se a sete pontos do Barça. E o Reus a nove.

Os rojinegros venceram sem dificuldades em Calafell por 0-6, apesar de só terem logrado um golo nos primeiros 25 minutos. Marcou Alex Rodriguez – melhor marcador na prova entre os pupilos de Jordi Garcia – que bisaria num segundo tempo que traria cinco golos, todos para o Reus, entre os quais também um bis de Cesar Carballeira.

Na derradeira vaga para a Liga Europeia está o Noia, a cinco pontos do Reus e com Lleida e Caldes a morderem-lhe os calcanhares. A equipa comandada por Pere Varias não entrou bem e aos 10 minutos perdia na recepção ao Lloret por 0-2.

Sergi Aragones reduziu perto do intervalo e, com golo de Xavi Costa logo após o reatamento, tudo começou do “zero”. Desta feita, o Noia, perante o seu público, impôs a sua maior valia e chegaria a um inequívoco 7-2.

A um ponto do Noia, estão Caldes e Lleida. O Caldes, a grande sensação da OK Liga, despachou o “assunto” desta ronda na primeira parte, chegando ao intervalo em Alcoy a vencer por cinco golos sem resposta. Na segunda metade da partida, a reacção valeu três golos à equipa dos portugueses João Ramalho Guimarães e Renato Castanheira, insuficientes para evitar o desaire.

Em Vic, num duelo entre equipas que receberam boas notícias financeiras com a época já a decorrer, não houve golos na primeira parte. Na complementar, o 12º minuto foi aziago para os locais, com o Lleida – já com patrocinador na camisola – a apontar dois golos num ápice. O Vic ainda reduziu a cinco minutos do fim, mas já não conseguiu anular a vantagem dos de Albert Folguera.

Apesar da derrota, o Vic continua acima da linha de água, no 11º lugar, um ponto atrás do Alcobendas e um ponto à frente de Sant Cugat, duas equipas que dividiram pontos este fim-de-semana. O Sant Cugat esteve a vencer por 2-0 e 3-1, mas permitiria o empate final a três, que, no entanto, vale a fuga dos derradeiros quatro lugares.

Numa época em que descem quatro equipas, para trás dos 16 pontos do Sant Cugat, estreantes na OK Liga, estão em zona de despromoção os 15 de Lloret, os 13 de Girona, os 12 de Vendrell e os 11 de Alcoy, lanterna-vermelha.

Jornada 18

Resultados

• Sant Cugat 3-3 Alcobendas

• Voltregà 2-3 Barcelona

• Vendrell 2-5 Liceo

• Vic 1-2 Lleida

• Alcoy 3-5 Caldes

• Calafell 0-6 Reus

• Noia 7-2 Lloret

• Girona 2-2 Igualada

Classificação

1º Barcelona (48 pontos), 2º Liceo (41), 3º Reus (39), 4º Noia (34), 5º Lleida, Caldes (33), 7º Igualada (30), 8ºs Voltregà, Calafell (21), 10º Alcobendas (18), 11º Vic (17), 12º Sant Cugat (16), 13º Lloret (15), 14º Girona (13), 15º Vendrell (12), 16º Alcoy (11)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade