Notícia

Montebello é o primeiro a garantir a subida... e é histórica

Mar 29, 2019

O Montebello tornou-se no passado fim-de-semana a primeira equipa dos três grandes campeonatos – Portugal, Espanha e Itália - a garantir a promoção da divisão secundária à divisão maior. E o feito ganha relevância por marcar a chegada, enfim, à Série A1, do clube fundado em 1966.

Em Itália, a “segunda divisão” é a Série A2, constituída esta época por 12 equipas. O regulamento determina que, de uma primeira fase a duas voltas entre todos, o primeiro garanta desde logo a promoção, lutando os quatro seguintes num play-off.

Numa época memorável, além da vitória na Série A2 e respectiva subida, o Montebello conquistou a Coppa Italia A2, numa decisão por grandes penalidades, frente ao Correggio.

À entrada para a 21ª jornada, um empate bastava para que o Montebello garantisse, pela primeira vez na sua história, a promoção à principal divisão italiana. E, com uma igualdade a três na pista do Montecchio, o treinador Mirco De Girone, de 50 anos, concretizou o sonho do clube.

Cumpridas 21 das 22 jornadas, o Montebello soma 55 pontos, sem conhecer o sabor da derrota (17 vitórias e quatro empates), mais quatro que o Correggio.

Dando força à tese daquilo que realmente ganha campeonatos, o Montebello tem “apenas” o quarto melhor ataque da prova, com 96 golos, muito longe do demolidor registo do Correggio, com 137. Ma a equipa de De Girone tem de longe a melhor defesa, com escassos 34 golos consentidos, ao passo que o segundo mais eficaz nesse capítulo, o Correggio, tem 61…

Na Série A1, apesar de ainda faltar disputar também uma jornada, são já conhecidas as descidas de Thiene e Sandrigo.

De resto, o Correggio, relegado à A2 na última temporada, encabeça a lista de apostas ao outro lugar de subida, que será definido em play-off. Já se sabe que nesse play-off estarão Correggio, Roller Bassano, Montechio e Prato, mas só este sábado, na última jornada da primeira fase, ficarão definidos os emparelhamentos. Depois as meias-finais jogam-se a 6, 13 e 16 (se necessário) de Abril e a final a 27 de Abril e 4 e 7 (se necessário) de Maio.

Entretanto, esta semana, o Correggio chegou a acordo com o treinador Mirko Bertolucci para a próxima temporada. O histórico jogador, que esta mesma sexta-feira completa 47 anos e que representou o Óquei de Barcelos, é, para além do técnico de uma equipa goleadora, o melhor marcador da prova (a par de Mattia Clavello), com 40 golos, muito acima dos 26 de Gabriel Tudela e Alberto Pierpoli, os mais concretizadores do Montebello.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade