Notícia

Vitória leonina sobre dragões deixa Sporting e Benfica mais sós

Nov 06, 2019

Disputou-se no passado fim-de-semana a quarta jornada do Melhor Campeonato do Mundo, com Sporting e Benfica a distanciarem-se do seu perseguidor mais directo, o Porto, que seria mesmo ultrapassado por Oliveirense e Óquei de Barcelos. Mérito dos leões, que venceram o rival nortenho por claros 3-0.

Leões e dragões defrontaram-se pela terceira vez na temporada. Ainda em pré-época, o Porto venceu na decisão da Elite Cup no desempate por livres directos. Na decisão da Continental, venceu o Sporting.

A vitória leonina começou a ser construída – já sem Pedro Gil, que saiu para o hospital depois de um choque (regressando, recomposto, após o final da partida) – aos 11 minutos, por Toni Perez. Cerca de um minuto volvido, Matias Platero ampliava e o Sporting ficava confortável com a vantagem, podendo gerir o desenrolar do jogo. A meio da segunda parte, Font ampliou para 3-0, de livre directo, sem que o resultado se alterasse mais.

Choque e queda de Pedro Gil assustou, sendo levado ao hospital

O jogo ficaria marcado por um erro da mesa, que permitiria que o Sporting se recompusesse de uma inferioridade numérica antes de cumprido o respectivo tempo de castigo, o que levou o Porto a apresentar protesto.

Benfica segue vitorioso

Para já, sem decisão do protesto, valem os três pontos conquistados em pista pela formação verde-e-branca, que lhe permite seguir no topo da classificação a par do Benfica, com 12 pontos.

Os encarnados, num primeiro teste mais sério, venceram por 1-3 em Viana do Castelo e lideram em virtude da diferença de golos, contando com o melhor ataque (22 golos marcados) e melhor defesa (dois golos sofridos) da prova.

Destaque no triunfo encarnado para os quatro livres directos defendidos por Pedro Henriques.

Pedro Henriques defendeu quatro livres directos e o Benfica ainda só sofreu dois golos na prova

Oliveirense e Óquei de Barcelos na perseguição

No encalce mais próximo de águias e leões estão agora Oliveirense e Óquei de Barcelos.

Em São João da Madeira, o “jogo” foi para além dos 50 minutos contados, com alguns confrontos no final da partida a motivarem comunicado da equipa de Renato Garrido e resposta dos visitados.

Para a história do Campeonato fica uma vitória suada por 3-4, com Jordi Bargalló a bisar. O catalão assinaria o derradeiro tento do jogo ainda com metade da segunda parte para jogar.

Zé Pedro bisou na vitória do Óquei de Barcelos

Em Barcelos, o Óquei não teve de suar tanto para reagir à derrota na jornada anterior em Oliveira de Azeméis.

Mesmo sem o castigado “Tato” Ferruccio e o lesionado Miguel Rocha (mas já com o reforço “Ziga”, ex-Valença), os barcelenses venceram o Paço de Arcos por 6-2. Apesar da equipa da Linha ter marcado primeiro, por Pedro Batista, o Óquei de Barcelos consumou a reviravolta ainda na primeira parte, partindo para um triunfo tranquilo na etapa complementar.

Valongo e Braga “empatam-se”

Valongo e Braga terminaram a terceira jornada a par, com duas vitórias, e a par continuam.

Um raro empate a uma bola, com os golos a serem apontados por Ângelo Fernandes e Rúben Pereira, foi o desfecho do duelo directo, com a responsabilidade de tão parca cifra ofensiva a poder ser apontada a Leonardo Pais e “Conti” Acevedo. Em conjunto, os dois guarda-redes negaram um total de cinco livres directos e duas grandes penalidades.

‘Conti’ Acevedo e Leonardo Pais foram os principais responsáveis por um “escasso” 1-1 entre Valongo e Braga

Fosso cavado

No fundo da classificação, Juventude de Viana com apenas um ponto (conquistado frente ao campeão Porto…) e Sanjoanense, Física e Paço de Arcos (ainda sem pontuarem) vêem os adversários fugir.

Riba d’Ave e Os Tigres somaram a segunda vitória na prova e juntaram-se a Turquel com seis pontos.

A equipa da Aldeia do Hóquei “caiu” precisamente em Almeirim, onde a eficácia de bolas paradas ditou leis. Os Tigres do turquelense André Luís marcaram em três de cinco oportunidades, ao passo que a equipa de João Simões, com quatro oportunidades, só aproveitaria uma. Pelo “ex-Tigre” Xavier Lourenço.

Golo de António Estrela ditou triunfo d’Os Tigres

O triunfo por 5-4 dos almeirinenses só foi garantido nos três minutos finais, com um golo de António Estrela, sendo que o Turquel teve duas vantagens de dois golos (0-2 e 1-3) que não conseguiu segurar.

O Riba d’Ave venceu em Torres Vedras por 3-4.

A equipa orientada por Hugo Azevedo chegou à vantagem aos 10 minutos e não mais largaria a liderança do marcador, chegando mesmo ao 1-4 a nove minutos do apito final. A Física ainda reduziu até à diferença mínima com tentos de João Rodrigo Campelo (bisou no jogo) e Pedro Moreira, mas já não sobrava tempo para evitar a derrota.

I Divisão – 4ª jornada

Resultados

• Valongo 1-1 Braga

• Juventude de Viana 1-3 Benfica

• Os Tigres 5-4 Turquel

• Física 3-4 Riba d’Ave

• Sanjoanse 3-4 Oliveirense

• Óquei de Barcelos 6-2 Paço de Arcos

• Sporting 3-0 Porto

Classificação

1ºs Benfica e Sporting CP (12 pontos), 3ºs Oliveirense e Óquei de Barcelos (9), 5ºs Porto, Braga e Valongo (7), 8ºs Os Tigres, Riba d’Ave e Turquel (6), 11º Juventude de Viana (1), 12ºs Sanjoanense, Física e Paço de Arcos (0)

I Divisão – 5ª jornada

Sábado, 9 de Novembro

• Oliveirense vs Física • 17h30

• Porto vs Braga • 18h

• Benfica vs Valongo • 18h

• Riba d’Ave vs Os Tigres • 18h30

• Paço de Arcos vs Sanjoanense • 20h

• Turquel vs Juventude de Viana • 21h30

Domingo, 10 de Novembro

• Sporting vs Óquei de Barcelos • 12h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade