Notícia

Campeonato arranca com Clássico

Jul 28, 2021

A I Divisão arranca com um Clássico entre Porto e Óquei de Barcelos, ao passo que o campeão Sporting se desloca a Valongo. Na II Divisão, duas desistências "salvaram" Vilafranquense e Juventude Salesiana. #PrimeiraDivisão #SegundaDivisão

Está definido o calendário para as próximas edições da I Divisão e II Divisão. O sorteio ditou um Clássico entre Porto (vice-campeão) e Óquei de Barcelos (terceiro na última edição) logo na ronda inaugural, numa jornada que conta também com um promissor embate entre Valongo e o Sporting, campeão em título.

Nesta primeira jornada, agendada para 18 de Setembro, o Benfica desloca-se a São João da Madeira, onde deixou pontos na época passada, havendo dérbi na zona centro entre Tomar e Turquel. Os recém-promovidos jogam todos "fora", com o Parede e Paço de Arcos a viajarem até ao Minho para defrontarem, respectivamente, Juventude de Viana e Braga, e o Marinhense a jogar em Oliveira de Azeméis.

No calendário definido, nota para o reencontro entre o campeão Sporting e o vice-campeão Porto, agendado para a 5ª jornada, prevista para 9 de Outubro.

Recorde-se que no planeamento actual, sujeito a alterações, a I Divisão sofrerá uma paragem de um mês, de 26 de Outubro a 27 de Novembro, para realização do Campeonato da Europa (em Paredes) e que volta a ter uma longa paragem de 11 de Dezembro a 15 de Janeiro (pausa natalícia e Taça 1947), apontando-se a conclusão desta primeira fase regular a 7 de Maio. Os oito primeiros disputarão o play-off de discussão do título. Com VAR.

Desistências "repescam" dois despromovidos

Na II Divisão, há a destacar a não inscrição d'Os Tigres, despromovido da I Divisão, e de Sporting de Torres na Zona Sul. Tal "salva" o Vilafranquense e a Juventude Salesiana, que tinham sido despromovidos à III Divisão e são assim "repescados".

Ainda nesta Zona Sul, nota para a presença de duas equipas açorianas, com o promovido Marítimo da III Divisão a juntar-se aos picarotos do Candelária.

A Zona Sul contará também com a Académica de Coimbra. A Briosa integrou na época finda a Zona Norte, mas passa agora a deslocar-se para "baixo" em vez de para "cima" em virtude da distribuição geográfica das equipas.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade