Hoje na Imprensa!

Dia de Dérbi

Feb 13, 2016

A antevisão do dérbi reclama para si o espaço nas edições dos jornais diários desportivos deste sábado, 13 de Fevereiro.

“Bilhetes e piso agitam ‘derby’” (A Bola), “Dérbi que é uma questão de orgulho” (O Jogo) e “Três pontos de ouro” (Record) dão título às peças que, entre pontos coincidentes, destacam outros. A Bola revê a “celeuma” em torno da decisão leonina de não ceder bilhetes aos encarnados, O Jogo destaca que o Sporting ainda não perdeu em casa (cinco vitórias e dois empates) e o Benfica ainda não perdeu fora (seis vitórias e um empate) e o Record sublinha que o Sporting nunca venceu o Benfica para o Campeonato desde que regressou à I Divisão, contando seis derrotas e um empate.

Destaque também para as ausências de João Rodrigues, por lesão, e Esteban Abalos, suspenso em virtude do vermelho visto na passada quarta-feira frente ao HC Braga, e ainda para outra possível “ausência”… a de condições de jogabilidade de um rinque que tem sofrido com as condições atmosféricas.

Em peça secundária, O Jogo vinca um “Livramento sem adeptos benfiquistas” onde também aborda a questão do piso.

À mercê das condições atmosféricas

O Sporting optou pelo Livramento, a que está mais afectivamente ligado, apesar de recentemente – por exemplo na última quarta-feira – se ter decidido pelo pavilhão do SC Torres. No ar paira, no entanto, a possibilidade (não passa de uma possibilidade mas ganha força com as condições atmosféricas que se registam) do jogo ser mesmo transferido caso não se verifiquem as necessárias condições. No Artigo 7 das Regras do Jogo, pode ler-se:

“2. Quando se verificar a impossibilidade, temporária ou definitiva, de utilização da pista de jogo, os Árbitros Principais devem conceder uma tolerância inicial de 15 (quinze) minutos, findo os quais – e a manter-se tal impossibilidade – terão de ser cumpridos os seguintes procedimentos:

2.1 Se for constatada a existência de um motivo de força maior – avaria grave na iluminação, inundação ou pista escorregadia, etc. – que impeça a utilização da pista de jogo inicialmente marcada, o jogo terá de ser realizado num recinto alternativo, sendo para o efeito concedida pêlos Árbitros Principais uma tolerância adicional de 90 (noventa) minutos, que inclui já o tempo de transferência das equipas de um recinto para o outro.”

Caso a mudança não seja possível, a partida não se realizará e os árbitros assinalarão o facto em Boletim de Jogo, bem como todos os detalhes, para posterior análise.

Jogos relacionados

Sporting CP
1 : 3
13 Fev 16h00
SL Benfica
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade