Notícia

Arranca a decisão do Nacional de Sub-20

Apr 24, 2016

Arranca este domingo a fase final do Campeonato Nacional de Sub-20. Depois de uma primeira fase com as habituais quatro zonas de seis equipas, as duas melhores de cada zona vão discutir o título num novo formato.

Ao invés de uma fase regional antes da fase final, tem já agora início a fase decisiva, compreendendo oito equipas que jogam entre si ao longo de 14 jornadas.

O Benfica é o actual campeão nacional do escalão, tendo conquistado o título em três dos últimos quatro anos. Jorge Godinho é o treinador dos Sub-20 encarnados desde 2011 - esteve nas três conquistas referidas - e recusa a responsabilidade de defender o título, frisando, no entanto, que essa é inerente ao emblema que representa. "Alguém que esteja no Benfica tem sempre responsabilidade”, vinca. “Seja no Distrital, seja no Nacional de Juniores ou da II Divisão”, refere, sem esconder a ambição que move o detentor do título. “Queremos fazer o bi. Temos jogadores com grande vontade de o conseguir, vamos tentar que as coisas corram bem, sabendo de antemão que vai haver um equilíbrio enorme neste campeonato", ressalva.

Numa fase final que se antevê disputada, Jorge Godinho aponta uma mão cheia de candidatos. "Porto, Barcelos, Valongo, Sporting e Benfica podem lutar pelo título", enumera. “São cinco equipas que em minha opinião têm tudo para acabar lá em cima”, explica, sem esquecer Académica, Sanjoanense e Sintra. “São equipas que podem roubar pontos aqui e ali. Prevejo um campeonato muito equilibrado, em que qualquer equipa pode perder pontos em qualquer jogo”, antevê.

Gonçalo Pinto

A equipa de Sub-20 do Benfica participa também no Nacional da II Divisão como equipa "B". Ao fim de 22 jornadas está na quarta posição da Zona Sul, a três pontos do segundo. Numa fase final de Sub-20 que será longa, o desgaste da II Divisão – que termina a 14 de Maio - poderá ter influência? “Temos de ser o mais honestos possível. Aqui há uns anos falávamos que tínhamos pouca competição e agora, se temos competição, temos de encará-la como ela está”, começa por realçar. “É logico que vamos estar com quase mais 30 jogos nas pernas em relação às outras equipas, embora entre estas equipas que vão entrar haja muitas que têm jogadores nas equipas seniores”, afirma, regressando depois à particularidade da equipa das águias. “Numa equipa com quase mais 30 jogos nas pernas, sendo que este ano a equipa ‘B’ é composta exclusivamente por atletas juniores, é lógico que o desgaste vai ser um bocadinho maior”, assinala.

Pedro Batista

Pese o esticar da época, o técnico está satisfeito com o novo calendário. “É uma forma justa de apurar o campeão. Aquela equipa que for mais equilibrada, mais competitiva e mais regular, é aquela que vai vencer nestes três meses por que se vão prolongar as 14 jornadas”, aponta o técnico, reiterando os aspectos positivos. “Antigamente criticávamos porque os miúdos juniores acabavam os campeonatos em Maio ou em Junho e depois tinham dois ou três meses de férias”, lembra. “Agora vai acabar no final de Julho, os Sub-20 terão apenas o mês de Agosto de férias - alguns nem isso – mas acho que é muito positivo para eles”, conclui.

A primeira jornada da fase de apuramento do Campeão Nacional de Sub-20 arranca este domingo com os jogos entre Sintra e Sporting e entre Valongo e Académica de Coimbra. No dia 25, estreiam-se nesta fase Benfica e Sanjoanense, enquanto o jogo entre Óquei de Barcelos e Porto foi adiado para 4 de Maio. A última jornada está prevista para 24 de Julho.

Taça Nacional

Para as 16 equipas que não lograram o apuramento para esta fase final foi constituída uma nova prova. A Taça Nacional arranca com dois grupos de oito equipas que assim continuam a ter competição pese o afastamento da disputa do Campeonato Nacional.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade