Vídeos

«Vou para Portugal com todo o entusiasmo do Mundo»

Jun 16, 2016

No final da sua penúltima partida pelo Liceo, o carismática capitão dos "verdes", Jordi Bargalló, esteve à conversa com o HóqueiPT, perspectivando já a sua aventura além-fronteiras na próxima temporada com a Oliveirense, mas ainda com a conquista do Europeu no horizonte. Precisamente, na sua futura "casa", em Oliveira de Azeméis...

Nascido em Dezembro de 1979 (36 anos) no "viveiro de craques" que é Sant Sadurni d'Anoia, Jordi despontou no Noia e cedo rumou à Galiza e ao Liceo. Aos 23 anos começava uma epopeia que o consagraria como uma das figuras maiores da equipa da Corunha, um capitão amado que levantou, para além dos títulos internos, três Ligas Europeias e uma Taça CERS, sendo que apenas na primeira Liga Europeia não teve ao seu lado o português Ricardo Barreiros, também determinante na decisão pela Oliveirense.

Jordi Bargalló representou o Liceo entre 2002 e 2016, apenas com um hiato de duas épocas no Igualada.

O mais mediático dos Bargalló não é apenas um histórico do Liceo. É também um histórico da selecção espanhola. Com Pedro Gil, conterrâneo de Sant Sadurní, formou uma dupla temível, basilar numa inquestionável hegemonia.

Bargalló esteve presente na conquista de quatro mundiais (2005, 2009, 2011 e 2013) e quatro europeus (2006, 2008, 2010 e 2012). No último em que o triunfo sorriu à Espanha, Bargalló fez o golo decisivo a seis segundos do apito final. Foi em Paredes, em 2012. Em Julho, regressa a Portugal com o objectivo de voltar às conquistas pela selecção três anos depois - "há dois anos que não ganhamos", corrige discretamente - e recuperar o ceptro Europeu.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade