Opinião

«Assinar por uma equipa portuguesa era um dos meus sonhos»

Aug 26, 2016
Jepi Selva

Josep Maria Selva é licenciado em jornalismo, mas no hóquei em patins é ele a notícia. "Jepi" é um jogador imprevisível, uma excepção no rigor táctico espanhol, e é reforço da Oliveirense para 2016/17.

Jogo hóquei desde os 3 anos, e assinar por uma equipa portuguesa era um dos meus sonhos desde que era adolescente. Se há três anos atrás me contassem, não teria acreditado.

No meu último ano no Reus (temporada 2014-15) estive lesionado e sem poder jogar os últimos meses do campeonato, e isso fez-me repensar tudo. Tinha 29 anos, há mais de 10 que jogava na OK Liga e a minha motivação já não era a mesma de outros tempos... Há anos que recebia propostas do estrangeiro, mas não as ponderava como uma verdadeira opção. Foi então que decidi tomar em conta todas as possibilidades.

Acabei por tomar a decisão de sair da minha zona de conforto e lançar-me na aventura italiana. Conhecia os irmãos Bertolucci e o Viareggio pareceu-me um clube sério. Não me arrependo de nada. Os adeptos, as pessoas, o país... tornei a ser eu, ajudou-me a recarregar de baterias.

Mas, quando estava completamente adaptado e me via a viver mais uns quantos anos na Toscana, a Oliveirense bateu-me à porta. Desde sempre, pelo meu estilo de jogo, que pensava que me daria muito bem no campeonato português... e com a mais-valia de, nestes últimos anos, se ter tornado no campeonato mais atractivo do Mundo. Assim, e apesar de não ser uma decisão fácil de tomar, decidi vir para Oliveira de Azeméis. Toda a gente me tinha falado muito bem do clube e entusiasmava-me poder jogar numa equipa tão competitiva como será a Oliveirense...

A adaptação e os primeiros dias de treino estão a correr muito bem. Tem-me surpreendido o nível de profissionalismo que existe aqui, mas isso também já me tinham comentado outros colegas que jogaram em Portugal. Na equipa respira-se muito bom ambiente, agora tenho de esforçar-me, dar o máximo com o português, porque às vezes é um impedimento para poder entender as piadas, e comunicar com mais fluidez...

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade