Vídeos

Conferências de imprensa de Elite - As finais

Sep 26, 2016

O derradeiro dia da festa que foi a Elite Cup, consagrou o Sporting como o primeiro vencedor e definiu a classificação final.

A abrir o dia - no sentido literal, dado que o jogo teve início às 10h - o Turquel conseguiu praticamente sobre o apito fazer melhor do que a classificação do último nacional. O Valongo voltou a perder pela margem mínima (perdeu três jogos por um golo), desta feita sofrendo de grande penalidade, a cinco segundos do fim, o 3-2 que o relegou para oitavo lugar. O preço da aposta nos jovens, ressalvou Miguel Viterbo.

Para o quinto lugar estava reservado um dérbi minhoto. O Óquei de Barcelos confirmou o quinto lugar do campeonato e, frente à Juventude de Viana, chegou ao intervalo já a vencer por um 4-0 que desesperava Renato Garrido. Os vianenses voltaram melhor dos balneários e marcaram por duas vezes e, pese não lograrem a reviravolta, tarefa que se adivinhava hercúlea, deixaram melhor imagem para um 5-2 final que, ainda assim, premiou o Óquei de Barcelos.

No jogo de consolação dos terceiro e quarto lugares, Benfica e Oliveirense reeditaram a final da Liga Europeia, mas com níveis de intensidade bem distintos desse que é o maior jogo do calendário anual de clubes. Os golos chegaram apenas sobre o final da primeira parte, com um tento para cada lado.

Na etapa complementar, a eficácia da Oliveirense fez a diferença, distanciando-se paulatinamente até ao 1-6 final que lhe garantiu o terceiro lugar. Nota para uma lesão que obrigou o guarda-redes Diogo Almeida a sair, revelando-se no entanto menos grave do que aparentava.

A fechar a primeira edição da Elite Cup, Sporting e Porto ofereceram um excelente espectáculo ao numeroso público que acorreu ao Dr. Mário Mexia. O Porto teve mais tempo de ataque e criou mais oportunidades, mas esbarrou sempre numa defesa coesa e, em particular, num Ângelo Girão inspiradíssimo. O intervalo chegou com o nulo no marcador e o guarda-redes campeão da Europa continuou a ser um garante na retaguarda, enquanto na frente André Centeno e Ferran Font marcaram os golos que valiam uma vantagem importante. O Porto ainda reduziu, num desvio na área de Vítor Hugo, mas, quando os azuis-e-brancos já atacavam com cinco nos derradeiros instantes, André Centeno partiu sem oposição para a baliza e fez o 3-1 final.

João Pinto, capitão dos leões, e Ângelo Girão, bastião da baliza e eleito pela maioria dos treinadores como melhor jogador do torneio, também marcaram presença em conferência de imprensa, sublinhando a importância deste evento e como o mesmo deve servir de exemplo.

Jogos relacionados

HC Turquel
3 : 2
18 Set 10h00
AD Valongo
OC Barcelos, SAD
5 : 2
18 Set 12h00
A Juv Viana
SL Benfica
1 : 6
18 Set 14h00
UD Oliveirense
Sporting CP
3 : 1
18 Set 16h00
FC Porto
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade