Notícia

Clássico nos 16-avos

Feb 13, 2017

O Clássico entre Porto e Sporting é o grande atractivo dos 16-avos-de-final da Taça de Portugal.

Logo no primeiro sorteio com equipas da I Divisão, o sortilégio ditou jogo grande, com o Sporting a visitar o Dragão Caixa para tentar afastar o actual detentor do troféu.

Dragões e leões não se defrontam para a Taça de Portugal desde 2013. Na primeira época na I Divisão após um hiato de sete temporadas, o Sporting lutava pela manutenção e, nos oitavos-de-final, foi presa fácil de um Porto que caminhava para a dobradinha. O Porto, sob o comando de Tó Neves, venceu por 11-0 com quatro golos de Caio e Vítor Hugo, dois de Reinaldo Ventura e um de Jorge Silva.

Desse Porto, sobram o guarda-redes Nélson Filipe, Hélder Nunes, Vítor Hugo e Jorge Silva.

Caio, que esteve em destaque nessa partida de Abril de 2013, representa agora um Sporting bem diferente daquele que era orientado por Hugo Gaidão, e do qual só "resiste" o guarda-redes José Diogo

Macedo.

Porto e Sporting já se defrontaram esta temporada em duas ocasiões. Na decisão da Elite Cup, os leões levaram a melhor na final, arrebatando o título com uma vitória por 3-1. Para o Campeonato, as equipas empataram em Alverca a três golos.

Benfica em Turquel e Oliveirense em Valongo

O sorteio ditou dois outros encontros entre primodivisionários, cujos caminhos já se cruzaram esta época para o Nacional da I Divisão em encontros emotivos.

16-avos da prova-rainha jogam-se a 18 de Março.

O Benfica tentará a passagem aos 'oitavos' na Aldeia do Hóquei, depois de para o Campeonato ter suado para vencer, na Luz, a equipa de João Simões por 6-5.

A Oliveirense reedita com o Valongo um embate que para o Campeonato terminou em polémica. A equipa de Oliveira de Azeméis virou uma desvantagem de quatro golos para vencer por 4-5, com forte contestação dos visitados à equipa de arbitragem.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade