Notícia

Dragão reforça FC Barcelona

Mar 04, 2017

O jovem guarda-redes Alejandro Edo vai rumar ao Barcelona no próximo defeso.

"Xano" é filho de Edo Bosch, guarda-redes que representou o Porto durante 18 anos, e um dos talentos emergentes – já uma certeza - do Hóquei em Patins nacional. Apesar de ter apenas 15 anos, Edo já brilha na baliza da equipa “B” dos dragões, que disputa – em seniores - o Campeonato Nacional da III Divisão.

Aos 14 anos, Edo foi determinante no derradeiro jogo do Europeu do Luso, frente à Espanha

Pese o apelo da selecção do país vizinho, Alejandro optou pela selecção portuguesa e é internacional de Sub-17. Conquistou o Europeu em 2015, no Luso, e no ano passado esteve em Mieres, na tentativa de revalidação desse título, que Portugal acabaria por falhar no prolongamento. Precoce na chamada à Selecção, ainda pode representar os Sub-17 no próximo europeu.

Alejandro Edo esteve nas vitórias no Inter-Regiões de 2015 (Mealhada) e 2016 (Ponta Delgada), pela AP Porto.

Depois de ter dados os primeiros passos no FC Porto, optou por prosseguir a formação no Infante Sagres. Em 2015 decidiria ser o momento de regressar à casa onde o pai granjeou fama.

Pisadas do pai

Alejandro segue no seu próprio trilho, mas há pontos em comum com a história do pai. O Barcelona passará a ser mais um.

Em 1990, Juan Edo Bosch venceu o Europeu de juvenis (Sub-17), pela Espanha, em Andorra. Tinha 15 anos e as suas exibições pela selecção e pelos Maristas de Sants não escaparam ao olho clínico do Barcelona, que o recrutaram para a sua equipa de juvenis.

Edo e Edo

Pela sua selecção (a portuguesa), Xano adiantou-se ao pai. Venceu o Europeu com apenas 14 anos. Depois dessa conquista, regressou ao Porto, mas agora, tal como Edo Bosch, vai reforçar a equipa de juvenis blaugrana.

Carlos Realista - o único na equipa principal - e Luís Querido representaram o Barcelona no passado. Rodrigo Afonso é esta época atleta dos Sub-17 blaugrana.

O pai acabaria por não vingar na equipa mais titulada do Mundo, terminando a sua formação no Vilanova antes de rumar ao Reus e depois ao Noia. Em 1998 reforçou o FC Porto, para 18 anos de muitas conquistas, entre as quais um lugar de destaque na história dos dragões.

A história de Xano ainda tem inúmeras páginas para preencher…

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade