AllStar César Fidalgo

Leões presentes

Jun 09, 2017

O AllStar César Fidalgo contará com três jogadores e o treinador leonino.

Na apresentação dos 'donos' da Taça CERS que vão estar no AllStar faltou - conscientemente - um nome. Paulo Freitas liderou o Óquei de Barcelos até Março, despedindo-se da Catedral com o apuramento para a Final Four, deixando a revalidação do título à mercê dos barcelenses. Mas o percurso de Freitas na CERS está longe de se resumir a este ano. Em 2014/15, devolveu o Barcelos aos grandes palcos, caindo apenas nas meias-finais de Igualada. E em 2016 garantiu mesmo o título, perante o seu público, numa conquista que não será esquecida pelos barcelenses.

Em Março, Paulo Freitas assumiu o desafio de liderar um projecto do Sporting em mutação, começando a lançar as bases para a próxima temporada. Do seu grupo de trabalho, serão três os jogadores que marcarão presença no AllStar que terá lugar no Torneio de Verão César Fidalgo.

Pedro Gil foi dos primeiros a ser anunciado e será - a par de Reinaldo Ventura - um dos capitães do AllStar, num papel que não estranhará. O catalão foi o capitão de uma era memorável da selecção espanhola, em que, ao longo de uma década, ganharam tudo o que havia para ganhar. "Pedrito" tem 37 anos de um fulgor incomparável, de um querer exacerbado, de uma insaciável fome de vitórias.

Com Pedro, viajam até Valongo mais dois leões.

Irmãos, Poka e Caio defenderam esta época o mesmo emblema. O mais novo, Daniel, já tinha chegado em 2014 e foi um dos artífices da conquista da CERS pelo Sportin em 2015. Quando pisar o palco do Municipal de Valongo, Poka estará numa casa que conhece bem. O defesa-médio representou o Valongo na temporada de 2012/13, e o seu regresso é inclusivamente badalado nos orgãos de comunicação social.

Esta época, Poka foi aclamado como um dos jogadores mais consistentes dos leões, abnegado e totalmente entregue ao jogo, libertando colegas para outras missões. Como Ricardo, o "mano" Oliveira mais velho.

Caio trocou no último defeso a Oliveirense pelo Sporting e juntou-se ao restrito lote de jogadores que vestiu a camisola dos "três grandes" que ganharam o epíteto no futebol, mas também o são no Hóquei em Patins. E Caio pode ainda orgulhar-se de ter também trajado com as cores do "outro" grande, o Óquei de Barcelos, numa temporada que foi de crescimento, antes de regressar ao FC Porto em 2007 para a afirmação definitiva.

Dotado de uma invejável técnica individual, Caio viajou do Dragão para a Luz em 2009, mas teve as portas abertas a novo regresso à camisola azul-e-branca duas épocas volvidas. Cumpridas mais três temporadas, saiu em 2015 para uma Oliveirense que apostava muito. E quase ganhava a Liga Europeia.

As presenças já confirmadas (9)

Jogadores: Reinaldo Ventura (Óquei de Barcelos), Pedro Gil (Sporting), Hélder Nunes (Porto), Henrique Magalhães (Liceo, ESP), Rafa (Porto), Gonçalo Alves (Porto) e Pedro Henriques (Reus, ESP), Alvarinho (Óquei de Barcelos), Caio (Sporting) e Poka (Sporting);

Treinadores: Paulo Pereira (Óquei de Barcelos) e Paulo Freitas (Sporting)

O AllStar

O AllStar, numa parceria com o HóqueiPT, terá lugar a 23 de Julho, no Pavilhão Municipal de Valongo. O evento integra o Torneio de Verão que desde 2014 homenageia o malogrado César Fidalgo.

Internacional jovem por Portugal, César Fidalgo era uma das promessas do Hóquei em Patins nacional, campeão da Europa de Sub-17 quando, em Agosto de 2009, apenas com 17 anos, um acidente de viação o vitimou. O Hóquei em Patins era a sua paixão, e os seus amigos fazem questão de lhe oferecer, todos os anos, o que de melhor há na modalidade.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade