Notícia

O Cinco Ideal 2016/17

Jun 29, 2017

O HóqueiPT levou a cabo pelo segundo ano a eleição do Cinco Ideal do Campeonato Nacional.

À semelhança de 2016, todos os treinadores e capitães que terminaram a temporada nas equipas da I Divisão foram convidados a eleger o seu "Cinco", devendo indicar um guarda-redes e quatro jogadores de pista, sendo que nenhum poderia ser da equipa que representavam para efeitos de votação.

E os mais votados da época que agora findou foram: Nelson Filipe (gr, Porto), Hélder Nunes (Porto), Jordi Bargalló (Oliveirense), João Rodrigues (Benfica) e Reinaldo Garcia (Porto).

As contas finais ficaram definidas por apenas um voto.

Para guarda-redes, Nelson Filipe ganhou a "corrida" com 8 (33%) dos votos possíveis, contra 7 (29%) de Ângelo Girão. E foi também por um voto que Carlos Nicolía ficou fora do "Cinco".

O argentino somou 13 votos, aquém dos quatro de pista mais votados. Hélder Nunes foi o mais citado entre todos, com 16 nomeações (67%) entre 24 possíveis, seguindo-se Jordi Bargalló, com 15, e João Rodrigues e Reinaldo Garcia, ambos com 14.

Numa luxuosa "segunda equipa", a Ângelo Girão e Nicolía juntam-se - já distantes nas votações - Diogo Rafael e Rafa (cinco votos cada) e João Souto (com três).

Hélder Nunes, o mais votado

Sucedendo a Jordi Adroher, o jogador mais votado em 2017 é Hélder Nunes. O jovem capitão azul-e-branco fecha a época com o reconhecimento generalizado, depois da conquista de Supertaça, Campeonato Nacional e Taça de Portugal. Aos 23 anos, Hélder terminou o Nacional da I Divisão - refeitas as contas depois da exclusão do Riba d'Ave - com 40 golos, tantos como Adroher e apenas aquém dos 52 de João Rodrigues.

Hélder Nunes foi o mais consensual, citado em 16 (67%) das 24 escolhas.

Na segunda edição desta eleição para o Cinco Ideal, Hélder consegue o feito de ser o único repetente nos "Cinco", sendo que Reinaldo Garcia tinha estado em 2015/16 nos 10 mais votados.

Na alargada lista de 10, Ângelo Girão, Carlos Nicolía e Diogo Rafael continuam a ser escolhas recorrentes, mas não de "votantes" suficientes para saltarem da segunda equipa para o Cinco Ideal.

Nenhum "Cinco" dos 26 votantes corresponde ao Cinco Ideal apurado, e apenas um votante "apostou" nos quatro de pista que seriam mais votados.

O sufrágio desta época teve a participação dos treinadores Guillem Cabestany, Pedro Nunes, Tó Neves, Paulo Pereira, Renato Garrido, Miguel Viterbo, Orlando Graça, João Simões, Nuno Domingues, Jorge Godinho, Hugo Azevedo, Carlos Dantas e José Carvalho e dos capitães Hélder Nunes, Valter Neves, Ricardo Barreiros, Luís Querido, Nuno Félix, Rúben Pereira, Miguel Fernandes, Vasco Luís, Ivo Silva, Rui Pereira, Raul Lopes, Tiago Resende e João Oliveira.

Recordamos as eleições realizadas:

2016/17

Cinco Ideal

Nelson Filipe (Porto), Hélder Nunes (Porto), Jordi Bargalló (Oliveirense), João Rodrigues (Benfica) e Reinaldo Garcia (Porto)

Segunda equipa

Ângelo Girão (Sporting), Carlos Nicolía (Benfica), Diogo Rafael (Benfica), Rafa (Porto) e João Souto (Oliveirense)

2015/16

Cinco Ideal

Guillem Trabal (Benfica), Jordi Adroher (Benfica), Hélder Nunes (Porto), Reinaldo Ventura (Óquei de Barcelos) e Ricardo Barreiros (Oliveirense)

Segunda equipa

Ângelo Girão (Sporting), Carlos Nicolía (Benfica), Reinaldo Garcia (Porto), Diogo Rafael (Benfica) e Gonçalo Alves (Porto)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade