Notícia

Miras continua de verde... mas na Corunha

Jul 03, 2017

Sergi Miras vai representar o Liceo na próxima temporada. Para o internacional espanhol que esta temporada representou o Sporting, é um regresso a um clube onde, em duas temporadas, entre 2010 e 2012, conquistou duas Ligas Europeias.

As boas prestações nessas duas épocas - ao lado de Ricardo Barreiros e Jordi Bargalló - levaram-no de volta ao Barcelona, onde cumprira parte da sua formação. No entanto, numa fase de indefinição nos blaugrana, ficaria apenas uma época.

Rumou em 2013 a Vendrell, pela mão de Guillem Cabestany, e afirmou-se como o principal jogador na afirmação do clube rojinegro no panorama espanhol.

Especialista da marca de grande penalidade

Quando em 2016, o então treinador do Vendrell, Guillem Perez, foi escolhido por José Trindade para liderar o renovado projecto leonino, não abdicou do seu capitão.

Miras chegou ao Sporting com 30 anos e passou por um necessário tempo de adaptação à equipa e ao hóquei português. Mas, com a viragem do Campeonato, em Janeiro, o especialista da marca de grande penalidade libertava-se e terminaria como segundo melhor marcador dos leões na prova, com tantos (22) tentos como o capitão João Pinto e apenas aquém dos 26 de Pedro Gil.

A notícia da sua saída - por decisão do clube - acabaria por surgir quando ainda tinha contrato para a temporada que se avizinha e quando os jogadores de características defensivas escasseiam no plantel verde-e-branco.

Edu Lamas também no Liceo?

O Liceo vai perder Henrique Magalhães e Toni Perez para o Sporting e trabalha numa nova era, sem Carlos Gil. Garantido Sergi Miras, a prioridade é o regresso de Edu Lamas.

O mais novo dos irmãos Lamas deixou a Corunha rumo a Barcelona em 2015, mas teve uma primeira época marcada por uma lesão grave e não se conseguiu afirmar nesta, a sua segunda.

Lamas, de saída do Barcelona, é dos "frutos" mais apetecidos deste defeso

Conhecida a vontade do Barcelona em "deixar sair" o jogador - tendo sido já resgatado Ignacio Alabart para o seu lugar - não tardaram em surgir interessados, entre os quais o Benfica, que esteve muito perto de "fechar" com o jogador. Mas a relutância do defensor de 26 anos em sair de Espanha e a oportunidade de voltar a "casa" deverão falar mais alto.

Poka no Valongo

Também de saída do Sporting está Daniel Oliveira, "Poka". Nos leões desde 2014 e um dos artífices da vitória na Taça CERS em 2015, Poka realizou uma temporada alvo de muitos elogios, mas, findo o período contratual que o ligava ao Sporting, irá regressar ao Valongo, que representou em 2012/13.

Poka teve uma entrega e regularidade reconhecida por todos

Na mesma situação de fim de contrato estava Esteban Abalos, "Tuco", que põe termo à aventura europeia e regressará à Argentina, dando seguimento a uma decisão tomada logo no início da temporada. Ainda com contrato por resolver está André Centeno. O Paço de Arcos é dado como destino provável de Centeno, mas está pendente do acordo salarial que seja conseguido entre as três partes: Sporting, Paço de Arcos e jogador.

Entretanto, o jovem Gonçalo Nunes pode ser a solução para fechar o plantel leonino para a próxima temporada.

Sporting Clube de Portugal 2017/18 (a confirmar)

Guarda-redes: Ângelo Girão e Zé Diogo Macedo

Jogadores de pista: Caio, Ferran Font, Gonçalo Nunes (ex-Alcobendas), Henrique Magalhães (ex-Liceo), João Pinto, Pedro Gil, Toni Perez (ex-Liceo) e Vítor Hugo (ex-Porto)

Treinador: Paulo Freitas

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade