Notícia

A normal vitória, a caminho dos 'quartos' com a França

Aug 29, 2017

Foto de capa: Federação de Patinagem de Portugal

O grupo dos bicampeões do Mundo de Sub-20 em título era teoricamente acessível e Portugal comprovou-o em pista.

Depois das vitórias frente a Colômbia (1-4) e Chile (5-0), os portugueses bateram a Inglaterra por 7-2 no fecho da fase de grupos.

A vitória sobre a selecção orientada por José Carlos Amaral começou a ser construída aos quatro minutos, com um golo de Gonçalo Meira, e ficou definida logo ao quarto-de-hora, com Carlos Ramos e António Trabulo a elevarem desde logo para 3-0.

Ao intervalo, Portugal já vencia por 5-1 depois dos golos de Gonçalo Nunes e Carlos Ramos e do inglês Alex Mount, colega dos internacionais portugueses Hugo Santos e Tiago Almeida nos Sub-20 da Sanjoanense.

Já todos os jogadores de pista portugueses marcaram.

A segunda parte foi jogada com a cabeça já na fase decisiva, que começa de imediato, sem direito a folga. Gonçalo Nunes e Tiago Almeida consolidaram o triunfo português, que Harry Pickering atenuou ao fechar as contas em 7-2.

Portugal termina a fase de grupos com três vitórias em outros tantos jogos, com 16 golos marcados e apenas três sofridos, melhor ataque e melhor defesa no grupo A. Com a camisola das quinas, já todos os jogadores de pista de Portugal marcaram, com Gonçalo Nunes e António Trabulo a serem os mais profícuos, com quatro golos cada.

A França será o adversário de Portugal nos quartos-de-final.

Nos quartos-de-final, Portugal vai defrontar a França, quarta classificada no competitivo grupo B.

A Espanha venceu o grupo apesar da derrota (1-4) com a Itália na última jornada. Os transalpinos redimiram-se assim, de alguma forma, da derrota com a Argentina (5-2) e o empate frente à França (5-5), apesar da tarefa ter sido facilitada por uma Espanha já com o conforto do primeiro lugar garantido.

Com esta vitória sobre os vice-campeões do Mundo, a Itália escapa ao último lugar, onde cai a França, adversária de Portugal.

Os franceses ainda estiveram a vencer a Argentina, mas a albiceleste - que fica em segundo no grupo - já vencia por 4-1 aos oito minutos, chegando a um concludente 8-2 final.

Neste Mundial, a França entrou a perder com a Espanha (1-4), empatou com a Itália (5-5) e voltou agora a perder com a Argentina, para um registo de oito golos marcados e 17 sofridos. O melhor marcador gaulês é Nathan Gefflot, o único a marcar mais do que um golo. Marcou três.

Quartos-de-final

08h30 (CHI) / 1h30 (POR) - Espanha vs Inglaterra

10h30 (CHI) / 3h30 (POR) - Argentina vs Chile

14h30 (CHI) / 7h30 (POR) - França vs Portugal

16h30 (CHI) / 9h30 (POR) - Itália vs Colômbia

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade