Notícia

Sorte europeia anda à roda este sábado

Sep 20, 2017

Terá lugar este sábado, 23 de Setembro, a partir das 10h30, em Lisboa, o sorteio da edição 2017/18 das competições europeias.

Sem novidades no modelo competitivo das três provas que preenchem a temporada, as partidas ficarão marcadas pela obrigatoriedade de uso de marcador electrónico de tempo de ataque ("45 segundos"). Reus, Óquei de Barcelos e Voltregà defenderão os títulos conquistados em 2017, mas há muitos candidatos aos três tronos continentais...

Liga Europeia

Depois da conquista pelo "underdog" Reus em Maio último, ninguém arriscará excluir muitas das 16 equipas que constituem o cartaz da Liga Europeia.

De fora do lote de candidatos - assumidos ou mais discretos - ficarão as duas equipas francesas, a alemã e a suíça. Mas também o Vic - devastado pela crise económica - ou o Follonica, de regresso este ano ao principal palco do Hóquei em Patins, mas cujas aspirações estarão distantes das daquela equipa que em 2006 conquistou o título em Torres Novas. O único para o hóquei italiano. Lodi, Forte e Viareggio procurarão contrariar a história, até porque nenhuma equipa transalpina chega à final - esta época agendada para 13 de Maio - desde 2007.

Reus fez a festa na última edição da Liga Europeia

Na primeira linha de candidatos, estão indubitavelmente as outras - para além de Vic - três equipas espanholas e os quatro participantes portugueses. O Reus conquistou o seu oitavo título este ano, frente à Oliveirense, que caiu na final pelo segundo ano consecutivo. Barcelona e Benfica foram os semifinalistas derrotados na Final Four de Lleida, mas tinham conquistado os títulos de, respectivamente, 2015 e 2016. Porto, ausente da Final Four desde 2015, e Liceo, desde 2012, reclamam um lugar na fase decisiva. E o Sporting a investiu novamente forte para voltar à elite europeia.

Para já, são conhecidos os cabeças-de-série dos quatro grupos de quatro equipas que serão constituídos. Reus (grupo A) como campeão europeu, Porto (B), Barcelona (C) e Lodi (D) como campeões dos três grandes campeonatos - português, o espanhol e o italiano - já sabem em que grupos ficam. Como condicionante do sorteio, equipas do mesmo país não poderão ficar no mesmo grupo.

Equipas (16)

Reus, Barcelona, Liceo e Vic (Espanha), Porto, Benfica, Oliveirense e Sporting (Portugal), Lodi, Forte dei Marmi, Viareggio e Follonica (Itália), Quevert e La Vendeenne (França), Iserlohn (Alemanha) e Montreux (Suíça).

Taça CERS

Na Taça CERS, o Óquei de Barcelos procurará um "tri" inédito na história da competição. Os barcelenses perderam Reinaldo Ventura, Luís Querido, Vieirinha e Alvarinho (jogarão os quatro a Liga Europeia com cores distintas) e alguma dose de favoritismo. Ainda assim, a equipa agora orientada por Paulo Pereira deverá ter argumentos para se bater com Juventude de Viana, Breganze, Vendrel e Voltregà, também claros candidatos.

A prova já teve 25 vencedores diferentes, mas, desses, apenas Óquei de Barcelos, Vendrell, Voltregà e Noia participam na edição desta temporada.

Com 32 equipas oficializadas, número certo para 16-avos-de-final, o sorteio não deverá promover equipas "isentas", sendo que se for realizado à semelhança do ano passado, será desde logo conhecido o possível trajecto - e adversários - das equipas até à final, planeada para 29 de Abril.

Equipas (32)

Óquei de Barcelos, Juventude Viana, Valença, Turquel e Tomar (Portugal), Breganze, Correggio, Sarzana e Valdagno (Itália), Vendrell, Voltregà, Igualada, Lleida e Noia (Espanha), Coutras, Merignac, Nantes, Noisy Le Grand e Saint Omer (França), Darmstadt, Herringen, Remscheid, Dusseldorf e Walsum (Alemanha), Diessbach, Geneve, Uri e Uttigen (Suíça), Wolfurt e Dornbirn (Áustria) e Herne Bay e Soham (Inglaterra).

Hugo Costa terá responsabilidades acrescidas no "novo" Barcelos

Liga Europeia Feminina

A Liga Europeia Feminina vai para a sua 12ª edição e apenas por uma vez não teve campeãs espanholas. Foi em 2015, quando o Benfica surpreendeu em Manlleu na primeira final que não contou com qualquer equipa do país vizinho. E caberá às encarnadas, pentacampeãs nacionais, impedir novo triunfo de uma equipa do país que acabou de se sagrar bicampeão nacional, muito por força do seu competitivo campeonato interno.

As campeãs do Voltregà procuram o sexto título, terceiro consecutivo, partindo também da "pole" o último finalista vencido, Gijon, campeão da OK Liga que espera de uma decisão do CERH sobre a sua inscrição.

A Final Four no feminino joga-se a 17 e 18 de Março.

Equipas (15)

Bigues i Riells, Palau Plegamans, Voltregà e Gijon (Espanha), Bison Calemberg, Dusseldorf e Iserlohn (Alemanha), Merignac, Noisy Le Grand e Coutras (França), Benfica e Stuart (Portugal), Uttigen e Vordemwald (Suíça) e Molfetta (Itália).

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade