Notícia

Passo em frente do Barcelos e o 'quase' do Turquel

Feb 19, 2018

Jogou-se este sábado a primeira mão dos quartos-de-final da Taça CERS, antecâmara da Final Four da prova.

O grande destaque vai para o Óquei de Barcelos. Presentes na Final Four nas últimas três edições da prova, os vencedores das duas últimas deram um passo de gigante rumo a nova presença e à defesa dos títulos de Barcelos (2016) e Viareggio (2017). Em Viana do Castelo, num dérbi minhoto de cariz europeu, a equipa de Paulo Pereira venceu por 2-5 e ganhou uma vantagem significativa para a segunda mão, que jogará perante os seus adeptos.

Óquei de Barcelos procura um inédito quarto triunfo na prova, depois das conquistas de 1995, 2016 e 2017.

A segunda maior vantagem adquirida é a do Lleida. A equipa da OK Liga recebeu e venceu o Tomar por dois golos (4-2), mas terá de segurar a vantagem fora-de-portas. A equipa de Nuno Domingues manteve a eliminatória em aberto, bem como o sonho de regressar às meias-finais de uma prova europeia, 20 anos depois.

Segunda mão dos quartos-de-final joga-se a 10 de Março.

Também em aberto está a eliminatória entre Correggio e Voltregà. O empate (6-6) dos catalães em casa do penúltimo da Legahockey permite-lhes levar a decisão para Voltregà, mas não deixa de ser um aviso ao teórico favoritismo dos vencedores da Taça CERS em 2002 (frente ao Porto) e finalistas em 2000 (frente ao Paço de Arcos).

Quase...

Na Aldeia do Hóquei, o Turquel recebeu um Breganze que tem sido extraordinário desde a entrada do técnico argentino Diego Mir, no início de Janeiro. E, na estreia de Nelson Lourenço no comando técnico, a equipa portuguesa quase se tornou a primeira a impedir que Mir vencesse à frente dos "rossoneri". Quase...

Vasco Luís bisou de livre directo

Foi uma grande noite europeia em Turquel. Ao intervalo, o empate a um no marcador dava conta do equilíbrio num jogo intenso, que a equipa portuguesa chegou a estar a ganhar por 4-2, dando excelentes indicações depois da saída de Jorge Godinho no início da semana. Mas, o Breganze, que conta com um conjunto de grandes valores como Mattia Cocco, Franco Platero, Federico Ambrosio ou Cacau, recuperou no marcador. E, praticamente sobre o apito, de forma cruel para a exibição do Turquel, Cacau - que em Portugal representou Portosantense, Nortecoope, Barcelos, Benfica e Sporting - fez o 4-5 final.

Cacau fechou o marcador, bem perto do apito final

Após o término do encontro, Diego Mir descreveu uma partida equilibrada, que podia cair para qualquer um dos lados, e que o Turquel terá tido alguma ansiedade nos cinco minutos finais que o Breganze soube aproveitar. Pelo Turquel, o adjunto André Luís não escondeu o desâmino pela derrota com que já não contava, mas destacou os bons sinais deixados pela equipa para o ciclo que se avizinha.

à estreia na primeira mão dos quartos-de-final da Taça CERS, seguem-se Benfica (já esta quarta-feira), Porto (24 de Fevereiro) e Sporting (3 de Março), antes da viagem a Itália no dia 10 de Março.

Resultados da primeira mão

Juventude de Viana 2-5 Óquei de Barcelos

Correggio 6-6 Voltregà

Lleida 4-2 Sporting de Tomar

Turquel 4-5 Breganze

Final Four

Correggio / Voltregà vs Juventude de Viana / Óquei de Barcelos

Lleida / Sporting de Tomar vs Turquel / Breganze

Provas relacionadas

Taça CERS - Quartos-de-final
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade