Notícia

Forte 'limpa' série - e duas estrelas - ao Breganze

May 04, 2018

O Forte dei Marmi apurou-se para a sua quinta final consecutiva ao vencer o Breganze por 3-1 no terceiro jogo das meias-finais de um campeonato que é decidido em playoffs.

Campeão em 2014, 2015 e 2016, o Forte já vencera os dois primeiros jogos desta série à melhor de cinco - por 5-6 "fora" e 4-1 "em casa" - e, perante o seu público, não falhou a oportunidade de arrumar desde já a questão do apuramento para a ronda decisiva.

A ter necessariamente de vencer, o Breganze adiantou-se na primeira parte com um golo de Cacau, mas os dez minutos finais da partida foram de ouro para o Forte. Literalmente. O italo-argentino Gaston De Oro ("Tonchi") assinou os três golos da reviravolta que valem nova final ao técnico "rossoblu" Pierluigi Bresciani e o desgosto ao "rossoneri" Diego Mir.

O Forte fica agora a aguardar o desfecho da meia-final entre Lodi e Viareggio, com o vigente campeão Lodi em vantagem, por 2-1. A quarta partida realiza-se este sábado e, caso o Viareggio vença e obrigue à "negra", a eliminatória será decidida dia 8. O primeiro jogo da final está agendado para 12 de Maio.

Ambrosio e Platero

Mas não é só com o afastamento da final que o Forte dá uma "machadada" no Breganze. O clube toscano já terá garantido para a próxima temporada o concurso de, possivelmente, as duas figuras maiores às ordens de Mir: Federico Ambrosio e Franco Platero.

Federico Ambrosio, que em Setembro completa 29 anos, foi no último defeso associado a um interesse do Barcelona, mas tal não terá passado de um rumor.

O jogador, nascido na Argentina (na província de Mendoza), mas internacional por Itália e campeão da Europa em 2014, chegou a terras transalpinas em 2009, para o Molfetta. Destacou-se desde logo pela sua capacidade concretizadora, e ao fim de apenas uma época rumou ao Bassano, onde, ao longo de quatro temporadas rondou as três dezenas de golos.

Federico Ambrosio

Em 2014, com o título de campeão Europeu, explodiu também definitivamente a nível de clube. Saiu do Bassano para o Pieve, ao serviço de quem apontaria 59 golos na fase regular da Legahockey. Seria o segundo melhor marcador na prova, tal como no ano seguinte, já ao serviço do Lodi, com 47 golos. E, em 2016/17, conquistou o título pelos "gialorossi" de Nuno Resende, apontando 49 golos, fechando o pódio dos goleadores. Feito que repetiu esta temporada, com 45 golos pelo Breganze.

Franco Platero

Para além dos golos de Ambrosio, o Forte "leva" também a qualidade de Franco Platero, que fará 26 anos em Julho. O irmão de Matías Platero (Sporting) chegou à Europa e a Itália em 2013 para vestir a camisola do Lodi, que o irmão representara anos antes.

Em quatro temporadas ao serviço do Lodi, Franco conquistou uma Coppa Italia (em 2016) e o campeonato, já ao lado de Ambrosio. Juntos rumariam a Breganze e juntos deverão deixar os "rossoneri" para reforçar o Forte.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade