Diário

Hóquei Diário / 10 de Maio de 2018

May 10, 2018

Gijón em transformação

O Gijón, campeão europeu feminino, anunciou esta quinta-feira que duas das suas principais referências não continuarão no plantel na próxima temporada. A equipa asturiana abdicou da renovação de María Diez ("Peke") e Anna Casarramona, duas das principais figuras do Hóquei em Patins feminino a nível mundial.

Peke, de 29 anos, deixará o Gijón após seis temporadas, enquanto Casarramona, de 24, completará a sua segunda temporada no clube, e as saídas poderão não ficar por aqui. À saída das bicampeãs mundiais pela Espanha, deverá juntar-se a da argentina Julieta Fernandez, que chegou em Dezembro só com compromisso até final da temporada, e até mesmo da capitã, Sara Lolo.

Com três partidas por disputar na OK Liga feminina, o Gijón comanda a classificação com 54 pontos, mais dois que o Voltregà (que tem mais um jogo disputado). Manlleu (50) e Palau (49) ainda estão na luta, mas o título pende mesmo para o Gijón. As actuais campeãs podem lograr um bicampeonato inédito, nesta que seria a terceira conquista em nove edições da prova.

Dragão esgotado para o Clássico

Escassas duas horas depois de terem sido postos à venda, os bilhetes para a meia-final da Liga Europeia que porá frente-a-frente Porto e Sporting esgotaram. O preço de 15 euros - o mesmo para cada uma das três partidas da Final Four - acabou por não ser dissuasor e esta será possivelmente a maior receita registada num jogo de Hóquei em Patins em Portugal.

O Clássico que decidirá um dos finalistas da mais importante prova de clubes realiza-se este sábado às 12h30, estando a segunda meia-final, entre Reus e Barcelona, que ainda tem bilhetes disponíveis, agendada para as 15h30.

Duas renovações no Bassano

Em Itália, o Bassano anunciou a renovação de Andrea Scuccato, prolongando-se a ligação entre clube e jogador por mais duas temporadas, naquela que é a segunda renovação anunciada pelo clube, seguindo-se à de Nicolas Barbieri, que chegara no último defeso.

Nos "bassanese", que o português Diogo Neves representa desde 2016, certa é para já a saída de Marc Julià, melhor marcador da equipa e segundo melhor da Legahockey. O jogador catalão irá reforçar o Reus.

Numa época em que abdicou da participação nas competições europeias, o Bassano terminou a fase regular da Legahockey em quinto lugar, caindo nos quartos-de-final dos playoff frente ao Viareggio.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade