Diário

Hóquei Diário / 21 de Maio de 2018

May 21, 2018

Foto de capa: FC Barcelona

Últimas vagas espanholas na CERS decidem-se na última jornada

Na OK Liga, Voltregà, Vendrell e Caldes deixaram para a última jornada a decisão de quem ocupa as últimas duas vagas para a próxima edição da Taça CERS, juntando-se a Lleida, Igualada e Girona.

O Vendrell venceu em casa o despromovido Palafrugell por 3-2, o Caldes recebeu e venceu o Noia, já com lugar na Liga Europeia assegurado, por 2-1, e o Voltregà empatou no Palau Blaugrana a cinco.

O resultado do Voltregà frente ao Barcelona acabou por ser uma das surpresas da jornada, mas a equipa de Edu Castro fez do dia um dia de festejo. Fez a festa com os adeptos no Palau, "entregou" no Camp Nou (cheio, em dia de despedida de Andrés Iniesta) os quatro títulos conquistados esta temporada e despediu-se, com pompa, de Lucas Ordoñez e Xavi Barroso, que retribuiriam marcando um golo cada. O resultado pouco interessava, mas garantiu a invencibilidade do Barcelona em casa na OK Liga, onde registou apenas dois empates.

Surpresa também houve na Corunha, onde o Liceo perdeu 3-5 com o Lleida e viu o Reus, que bateu o Vic por 9-4, ficar a apenas um ponto do "seu" segundo lugar.

Na última jornada, a disputar no próximo domingo, a decisão das vagas para a Taça CERS passam pelo encontro entre Voltregà e Liceo (também importante na atribuição do vice-campeonato), entre o despromovido Asturhockey e o Caldes e entre o Girona e o Vendrell.

Benfica vence Zona Sul da II Divisão

Na Zona Sul, cumpridas 24 de 26 jornadas, a equipa "B" do Benfica garantiu o primeiro lugar e vai disputar o título de campeão nacional da II Divisão.

Os encarnados não foram além de um empate a dois na pista do Parede (4º), mas a vantagem que traziam permite aos pupilos de Hugo Lourenço disputar o maior prémio que pode conquistar na temporada. É que o mais desejado pelas restantes equipas, o da subida, não pode ser reclamado pelas equipas "B"...

Com este empate, os encarnados somam 57 pontos, fruto de 18 vitórias, três empates e três derrotas, saldo suficiente para o "título", apesar de não poderem orgulhar-se nem do melhor ataque, nem da melhor defesa, ambos do Marinhense.

O Marinhense, que esteve à beira da Final Four da Taça de Portugal, venceu em Boliqueime por 1-9 e, fruto da derrota em Oeiras em Sintra (7-4), é agora segundo, primeiro na questão da subida directa, com 51 pontos. Segue-se o Oeiras com 49 que, de qualquer forma, já garantiu que vai, pelo menos, disputar a subida com o segundo do Norte.

Na Zona Norte, mantém-se a luta entre Riba d'Ave e Sanjoanense pelo lugar que garante a subida imediata e a disputa do título da II Divisão. O Riba d'Ave venceu em Espinho por 2-7, enquanto a Sanjoanense venceu os Carvalhos por 8-2, passando a somar respectivamente 65 e 61 pontos.

O Riba d'Ave folga na próxima jornada e, em caso de vitória da Sanjoanense na pista da Juventude Pacense, a diferença entre primeiro e segundo fica reduzida a um ponto. Na derradeira jornada, a 2 de Junho, o Riba d'Ave desloca-se a Gulpilhares e a Sanjoanense recebe a equipa "B" do Porto.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade