Notícia

Marin MVP

Jun 13, 2018

Os títulos colectivos escaparam ao Reus, mas a temporada do capitão Raul Marin mereceu o reconhecimento da OK Liga.

Treinadores e capitães votaram nos melhores da temporada e elegeram Marin, máximo goleador da competição com um recorde de 58 golos, como o "mais valioso".

Aos 31 anos, Raul Marin venceu nesta "corrida" particular os multititulados (Supertaça, Taça e OK Liga) Sergi Fernandez e Pau Bargalló, este vencedor da eleição para MVP na temporada passada.

No segundo lugar, e depois de ver anunciada a renovação por mais quatro temporadas, Sergi Fernandez sucede como "vice" a Pedro Henriques, repetindo o segundo lugar de 2009/10. De resto, esta eleição, em nove edições, só teve um "portero" a vencer, quando Guillem Trabal terminou ex-aequo com Marc Gual em 2010/11.

Busquets, MVP no feminino

Na OK Liga Feminina, a mais votada para MVP foi Berta Busquets, jogadora de 22 anos do Palau, que assinou 21 golos esta temporada. Busquets fora terceira na última temporada, atrás de Laia Vives e de María Diez e, desta feita, "bateu" María Diez - "vice" pela quarta vez em cinco anos - e Marta González, ambas do Gijón, vencedor da OK Liga.

As três jogadores mais votadas estão na lista final de Ricardo Ares para o Campeonato da Europa que se realiza em Outubro em Portugal.

Óscar Valverde, melhor entre os árbitros

A escolha para os melhores do ano estende-se também aos árbitros e, no apito, o vencedor foi Óscar Valverde, secundado por German Sandoval e Sergi Mayor.

Valverde repete o "título" de 2017, numa eleição que teve agora lugar pela quarta vez. O também galego Fran Garcia, que antes de abandonar fazia equipa com Valverde, foi o vencedor em 2015 e 2016.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade