Notícia

França abdica dos Europeus Feminino e de Sub-20

Jun 19, 2018

A França que não participará nos Campeonatos da Europa de Sub-20 e de Seniores femininos, que este ano têm lugar em Portugal.

Esta é a primeira decisão de grande impacto depois da perda do estatuto de Alta Competição em 2017 e da consequente redução de verbas estatais de apoio.

Em Sub-20, a França falha a presença em Viana do Castelo, em Setembro, depois de alcançar o pódio em 2012 e 2014, tendo terminado em quarto na última edição, mas com um trabalho nos escalões de formação amplamente elogiado, culminando agora naquela que é apontada como a melhor geração sénior da história da modalidade em França.

Em Outubro, a selecção feminina não estará no Europeu que se realizará na Mealhada. As gaulesas têm tradição e sagraram-se mesmo campeãs europeias em 2005. No entanto, em 2015, em Matera, não foram além de um quinto lugar entre cinco equipas.

Não obstante, a federação gaulesa não põe de parte a participação destes dois escalões nos World Roller Games em 2019, em Barcelona. Esta é uma posição que se estranha, dado que, por analogia à prova de seniores masculinos, apenas quem participa nos Europeus poderia vir a inscrever-se para o Mundial que é parte dos World Roller Games.

Comitivas reduzidas

Apesar dos "cortes", a França participará no Campeonato da Europa de seniores masculinos na Corunha, em Julho, porque, face aos resultados na Taça Latina (em que venceu Portugal e Espanha), é vista como "medalhável". E no Campeonato da Europa de Sub-17 porque dá prioridade à formação de jovens jogadores.

No entanto, qualquer destas selecções deverá apresentar-se com uma comitiva reduzida, levando a cada um dos eventos apenas dois guarda-redes, seis jogadores de pista, o treinador e um fisioterapeuta.

A França terminou o último Europeu de seniores (Oliveira de Azeméis, 2016) em quinto lugar e o último Europeu de Sub-17 (Fanano, 2017) em quarto.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade