Notícia

Carlos Silva assume cargo de treinador

Jul 05, 2018

Carlos Silva, guarda-redes de 35 anos dos suíços do Diessbach, vai assumir o cargo de treinador da equipa na próxima temporada. O projecto contempla a dupla função de guarda-redes e treinador, sucedendo o português a Pascal Kissling, que também acumulava funções, mas que se "liberta" agora da orientação técnica da equipa.

Formado no Paço de Arcos, Carlos Silva afirmou-se no regresso à equipa da Linha depois de uma grande época no Alenquer, o que lhe valeu a chamada para o Benfica, onde esteve entre 2004 e 2010. Regressou ao Paço de Arcos, aventurando-se em 2014 em terras helvéticas.

Logo no seu primeiro ano na Suíça, ao serviço do Basel, conquistou o título. E voltaria a conquistar o título no ano seguinte, em 2016, já ao serviço do Diessbach. A equipa do cantão de Berna protagonizaria na temporada de 2016/17 uma boa prestação na Liga Europeia, mas deixaria escapar o título nacional para o Montreux. Tal como na última temporada.

Carlos Silva esteve nos Mundiais de 2015 e 2017 por Moçambique

Carlos Silva foi internacional jovem por Portugal e em 2007 esteve presente no Campeonato do Mundo... em Montreux. Regressaria à competição máxima de selecções em 2015, em França, pela selecção moçambicana, repetindo a presença em 2017, na China.

Na selecção moçambicana, Carlos Silva foi treinado por Pedro Nunes, que já fora seu treinador no Paço de Arcos. Entre outros treinadores que teve e que poderão influenciar a sua nova carreira do guarda-redes, encontram-se os ainda nomes como os de Paulo Batista, Luís Duarte, Paulo Garrido, Carlos Dantas e Luís Sénica.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade