Notícia

«Que vergonha são os nossos dirigentes»

Aug 12, 2018

Os jogos do Campeonato Sul Americano de Clubes arrancam esta segunda-feira e as equipas ultimam pormenores para o arranque da prova.

No reconhecimento da pista, o experiente Carlos López foi muito crítico para com a escolha do pavilhão do Clube Internacional de Regatas para albergar a prova, divulgando fotos - que reproduzimos abaixo - através da rede social Facebook. As fotos, onde é possível observar as tabelas de cimento, cantos inusitados e uma porta metálica que será parte da tabela de fundo, são acompanhadas de um texto incisivo.

Dizem que querem promover o hóquei, que temos de ser olímpicos. E depois vejo que os dirigentes da [Confederação] Sul Americana e da FIRS [World Skate] organizam o evento mais importante do hóquei Sul Americano num pavilhão com estas condições. Só pensam neles e nos seus 'arranjinhos' e, nós, os jogadores, continuamos a arriscar quase tudo pelo nosso desporto. QUE VERGONHA SÃO OS NOSSOS DIRIGENTES.

López, de 41 anos, regressou à Argentina em 2016 depois de, na Europa, ter representado Liceo, Barcelona, Benfica e Oliveirense. Mas a vontade de jogar continuou a falar mais alto e no final de 2016 até apontou na final o golo que valeu a conquista do Sul Americano ao Andes Talleres.

Em Santos, na edição deste ano, defenderá as cores - albiceleste, como as da Selecção com que esteve no último Mundial - do Social San Juan, equipa que conta também com Mariano Velazquez, outro velho conhecido das pistas portuguesas.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade