Notícia

Liceo vence Barça a 10s do fim e conquista Supercopa

Sep 16, 2018

Foto de capa: Luis Velasco

O Liceo venceu a segunda Supercopa da sua história ao vencer o Barcelona por 3-2 na partida decisiva da Final Four disputada em Sant Sadurní d’Anoia.

No quarto embate entre Liceo e Barcelona na decisão da Supercopa, os blaugrana começaram melhor e aos três minutos adiantaram-se com um golo de grande penalidade de Sergi Panadero.

A primeira parte foi sempre muito equilibrada, com ligeiro ascendente do Liceo, e os “verdes” chegariam à igualdade a três minutos do intervalo, por Edu Lamas. E podiam mesmo chegar ao intervalo a vencer, não fosse Sergi Fernandez negar o golo a Carlo Di Benedetto de livre directo, depois de um azul a Panadero.

Não foi no último minuto da primeira parte, seria nos primeiros da segunda. Marc Coy – que representou o Benfica - deu vantagem à equipa de Juan Copa.

Houve velhos conhecidos do Campeonato português na Supercopa. Sergi Miras (ex-Sporting) e Marc Coy (ex-Benfica) jogaram de verde, e João Rodrigues (ex-Benfica) de blaugrana.

O resultado obrigava o Barcelona a assumir mais o jogo, e, apesar de alguma resistência inicial do Liceo, a pista inclinou na direcção da baliza de Malián.

Sem Carballeira (que se mudou para o Reus), e ainda em processo de integração de dois jovens argentinos (Facundo Bridge e Fabrizio Ciocale), o Liceo tem um plantel inegavelmente mais curto e foi sendo encostado pelo Barça. Até que, a sete minutos e meio do apito final, Matías Pascual fez, num remate da zona frontal, o 2-2.

As equipas não deixaram de procurar o golo, mas as nove faltas do Liceo – desde os 11 minutos da segunda parte – obrigavam a cautelas dos “verdes” e o Barça chegaria à temida nona a dois minutos do fim. Parecia tudo alinhado para um prolongamento. Parecia.

O Liceo esticou o seu último ataque e Sergi Miras entrou pela direita, servindo Carlo Di Benedetto a meia altura no coração da área para um golo de belo efeito. Com apenas 10 segundos para jogar, Edu Castro abdicou de lançar o quinto jogador e entregou o título ao Liceo.

Daqui a apenas seis dias, Liceo e Barça voltam a encontrar-se, na primeira jornada da OK Liga.

Este é “apenas” a segunda conquista do Liceo na prova que se realiza desde 2004, tendo os “verdes” ganho pela primeira vez em 2016. Desde já, impede que o Barcelona ganhe tudo, como aconteceu na pretérita temporada.

As duas equipas, primeiro e segundo da OK Liga em 2017/18, voltam a encontrar-se já na próxima semana, no dia 22, a partir das 20h, em jogo a contar para a primeira jornada da nova edição da OK Liga. O jogo é no Riazor, palco do último Europeu.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade