Notícia

Oito da Coppa definidos

Dec 23, 2018

Fotos: Gabriele Baldi

Lodi, Forte, Valdagno, Sarzana, Viareggio, Breganze, Follonica juntam-se ao anfitrião Trissino para a Coppa Italia, que se realiza de 1 a 3 de Março de 2019. Mas os embates, dados pela classificação no final da primeira volta da Série A1, só ficarão decididos no próximo fim-de-semana, a 29 de Dezembro.

A 12ª jornada foi decisiva para se definir o elenco da 50ª edição da Coppa Italia, mas paralelamente a esse apuramento, prossegue, na primeira fase da Série A1, a corrida à melhor posição possível para o playoff.

Com uma vitória sobre o Bassano por 4-2, o Lodi de Nuno Resende segurou a liderança. Luís Querido marcou um dos tentos da equipa bicampeã italiana, e os dois golos de Diogo Neves, que capitaneou o Bassano, acabaram por ser insuficientes.

Pior que Diogo Neves, terá ficado o catalão Xavi Rubio cujos três golos também não valeram pontos na derrota do Trissino na recepção ao Forte, por 3-5, naquele que será o palco da Coppa Italia. O Forte mantém a perseguição ao Lodi, a dois pontos, tal como o Valdagno, que, com um bis de André Centeno, venceu tangencialmente o Scandiano, com Martin Montivero também a bisar, por 4-5.

Francesco Rossi, de 25 anos, assinou cinco golos, algo que só Cacau conseguira, na sétima jornada

Ao quarto lugar regressou o Sarzana, que em Janeiro visita Portugal para defrontar o Tomar na segunda mão da Taça WSE. A equipa orientada por Alessandro Bertolucci venceu o Monza por 7-4 (com inusitados cinco golos de Francesco Rossi) e beneficiou da derrota (a terceira em quatro jogos) do Follonica. Desta feita, o desaire foi em casa do Viareggio, por 5-1. A equipa de Reinaldo Ventura apanhou os “follonese”, tal como o Breganze, que venceu, sem dificuldades, o lanterna-vermelha Sandrigo por 10-2, com Lucas Martinez a assinar um poker.

Na segunda metade da tabela, só o Thiene pontuou, registando a segunda vitória consecutiva depois de 10 jornadas sempre a perder. Desta feita a “vítima” foi o “português” Amatori Vercelli, de Sérgio Silva. O Thiene venceu por 3-2, com Andrea Brendolin a assinar os três golos. João Silva marcou um golo (no início da segunda parte, valeu o 2-2), mas não impediu que o Thiene se aproximasse dos lugares da manutenção, estando agora a apenas um ponto do Bassano.

Nos melhores marcadores, Cacau (Sandrigo) marcou um golo, segurando a liderança com 20 apontados, mais um do que Jepi Selva (Viareggio), que bisou, e mais dois que Marti Casas (Forte), que assinou o seu quarto hat-trick na prova.

Série A1 – 12ª jornada

Resultados

• Breganze 10-2 Sandrigo

• Lodi 4-2 Bassano

• Trissino 3-5 Forte

• Sarzana 7-4 Monza

• Viareggio 5-1 Follonica

• Scandiano 4-5 Valdagno

• Thiene 3-2 Amatori Vercelli

Classificação

1º Lodi (28), 2ºs Forte e Valdagno (26), 4º Sarzana (23), 5ºs Viareggio, Breganze, Follonica (21), 8º Scandiano (17), 9º Monza (16), 10º Trissino (14), 11º Amatori Vercelli (11), 12º Bassano (7), 13º Thiene (6), 14º Sandrigo (2)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade