Notícia

Sporting, Oliveirense e Porto aproveitam deslize do Benfica

Jan 06, 2019

Concluiu-se este sábado a 11ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão, com o Sporting a entrar com um passo firme em 2019.

Os leões venceram o Marinhense por 14-3, na maior goleada da prova até ao momento, reclamando o segundo ataque mais concretizador com 53 golos, apenas aquém do Porto, que soma 62.

Ao intervalo, os leões já venciam por 7-2, destacando-se nas contas finais o poker de Pedro Gil, cuja renovação, por dois anos, foi anunciada esta semana. Depois de ter fechado as contas da primeira parte, o campeoníssimo espanhol marcaria por três vezes num último minuto em que Vitor Hugo também marcou. Destaque também para Raul Marin, que assinou um hat-trick.

Oliveirense e Porto passam Benfica

A vitória do Sporting “cava” uma vantagem de cinco pontos para o eterno rival Benfica, que empatara ainda em 2018 com o Oeiras, na abertura desta ronda. E os encarnados vêm-se mesmo ultrapassados na classificação por Oliveirense e Porto.

A Oliveirense venceu em Valongo por 3-5, num jogo em que os anfitriões, já sem João Souto, até entrou melhor. Diogo Fernandes bisou para uma vantagem de dois golos, mas, num ápice, a Oliveirense restabeleceria a igualdade.

Já na etapa complementar, a equipa orientada por Renato Garrido disparou para 2-4 com mais dois golos de Marc Torra (já marcara na primeira parte), mas o terceiro golo do Valongo e de Diogo Fernandes, a quatro minutos do fim, relançou o jogo. Jordi Bargalló poria termo à discussão, mas o jogo não terminaria sem a expulsão de Xevi Puigbi.

Em Riba d’Ave, o Porto foi mais uma testemunha de uma pista e um adversário muito difícil. Mas perdulário. A equipa minhota dispôs de três livres directos nos primeiros 10 minutos de jogo, mas não conseguiria bater o internacional português Nélson Filipe, e caberia a Giulio Cocco inaugurar o marcador, aos 14 minutos, no único tento da primeira parte.

Após o reatamento, o Porto aumentou a vantagem para três golos nos primeiros cinco minutos e geriu o encontro, selando o resultado final em 0-4 já no último minuto.

A Oliveirense soma agora 26 pontos, menos três que o Sporting e mais um que o Porto, terceiro classificado. O Benfica baixou para o quarto lugar, com 24 pontos.

Barcelos regressa às vitórias

Beneficiando da derrota do Riba d’Ave, o Óquei de Barcelos ficou mais só no quinto lugar, agora com quatro pontos sobre o sexto e a cinco do quarto, ao vencer o Braga por 8-3.

A equipa de Paulo Pereira sofreu o 4-3 já na segunda parte, mas depois “disparou” no marcador para fazer esquecer as duas derrotas consecutivas – frente a Oliveirense e Porto - das rondas anteriores.

No encalce do Barcelos continuam outras três equipas minhotas. A quatro pontos está então o Riba d’Ave – que somou apenas um ponto nos últimos quatro jogos - e a cinco, com 14, o Braga tem agora a companhia da Juventude de Viana, que venceu o Paço de Arcos por 5-3, num jogo com o marcador equilibrado ao longo de todo o jogo. Na equipa da Linha, Tomás Moreira voltou a estar em destaque, com três golos, todos de bola parada. Tomás marcou um golo de grande penalidade e dois de livre directo.

Só Tomar vence na luta pela manutenção

Na luta pela manutenção, para além do ponto conquistado pelo Oeiras frente ao Benfica, só o Tomar pontuaria, conquistando mesmo os três pontos.

Numa disputa de que a Juventude de Viana se desmarcou para já, os seis últimos do campeonato estão separados por três pontos, tentando escapar aos três lugares que valem a despromoção à II Divisão.

Em Turquel, num confronto directo entre “aflitos”, o Tomar conseguiu uma preciosa vitória. Apesar do vermelho a André Moreira, os alvinegros recuperaram de uma desvantagem de dois golos para 2-2, com o reforço João Souto a estrear-se a marcar. No entanto, João Paulo Candeias bisaria para o 2-4 final.

A classificação tem agora Marinhense e Oeiras nas derradeiras posições, com sete pontos, menos um que o Paço de Arcos, também abaixo da linha de água. Acima da “zona vermelha” estão Valongo e Turquel, com nove pontos, e o Tomar, com 10.

11ª jornada

• Oeiras 4-4 Benfica

• Sporting 14-3 Marinhense

• Valongo 3-5 Oliveirense

• Riba d’Ave 0-4 Porto

• Turquel 2-4 Tomar

• Óquei de Barcelos 8-3 Braga

• Juventude de Viana 5-3 Paço de Arcos

Classificação

1º Sporting (29), 2º Oliveirense (26), 3º Porto (25), 4º Benfica (24), 5º Óquei de Barcelos (19), 6º Riba d’Ave (15), 7ºs Braga, Juventude de Viana (14), 9º Tomar (10), 10ºs Valongo, Turquel (9), 12º Paço de Arcos (8), 13ºs Marinhense, Oeiras (7)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade