Notícia

'Cenoura' estreia-se com um ponto, em ronda sem surpresas

Jan 13, 2019

Foto de capa: Michele Brunello

Em Itália, a 15ª jornada foi marcada pela lei do mais forte, sem surpresas. Da “lógica” (se é que tal tem espaço no desporto) da classificação, escapou apenas o Bassano, a conseguir um empate na estreia do português Luís Nunes no comando técnico.

De visita a Bassano, o Scandiano quis “estragar” a estreia do “Cenoura”. Martin Montivero, que em Portugal representou o Candelária e a Oliveirense, inaugurou o marcador de um jogo que foi discutido taco-a-taco.

Já na segunda parte, Luís Nunes contaria com a preciosa ajuda de um compatriota para conseguir um precioso ponto. Diogo Neves, que tem estado em destaque nos “bassanese”, fez o 3-3 e, depois de Montivero adiantar novamente o Scandiano, o universal português fixou o 4-4 final a um minuto do derradeiro apito.

Os cinco primeiros da classificação venceram numa 15ª jornada em que apenas houve uma mudança na classificação, com o Follonica a subir ao sexto lugar que era do Sarzana.

Com o ponto conquistado, o Bassano passa a somar nove pontos, três acima da linha de água, abaixo da qual estão Sandrigo e Thiene, goleados nesta jornada.

O Sandrigo perdeu em casa do bicampeão Lodi por 9-3, com “Checco” Compagno e De Rinaldis a assinarem hat-tricks para a equipa de Nuno Resende. O Thiene, lanterna-vermelha, perdeu em Follonica por 9-1, com o argentino Mário Rodriguez e o catalão David Gelmà a rubricarem três golos cada, num jogo em que a equipa de Enrico Mariotti já vencia por 5-0 ao intervalo.

O triunfo do Follonica marcou o regresso da equipa aos triunfos – depois de três jogos sem vencer – e ao sexto lugar, passando o Sarzana.

O Sarzana foi derrotado em casa pelo Breganze, numa das duas vitórias “forasteiras” da ronda. O Breganze de Diego Mir venceu por 5-7, com os catalães Eloi Mitjans e Gerard Teixidó a destacarem-se com hat-tricks num jogo sempre equilibrado, até que o Breganze fez o 5-6 a dois minutos do fim.

A outra vitória fora de portas foi do Forte, em Vercelli. O vice-campeão e actual segundo classificado da Série A1, venceu por 2-7, numa partida em que o italo-argentino Federico Ambrosio parecia saber a fórmula para desfeitear Francisco Veludo, apontando nada menos que cinco golos.

Nos restantes dois jogos, Valdagno e Viareggio venceram perante o seu público por três golos. O Valdagno de André Centeno venceu o Monza por 5-2, sendo determinante o hat-trick de Dario Giménez. No encontro entre Viareggio e Trissino, os “bianconeri” não sofreram golos de uma equipa que tem protagonizado um bom campeonato. Jepi Selva inaugurou o marcador aos dois minutos, mas a vitória só seria confirmada nos derradeiros quatro, com Reinaldo Ventura a bisar.

15ª jornada

Resultados

• Sarzana 5-7 Breganze

• Viareggio 3-0 Trissino

• Amatori Vercelli 2-7 Forte

• Bassano 4-4 Scandiano

• Valdagno 5-2 Monza

• Lodi 9-3 Sandrigo

• Follonica 9-1 Thiene

Classificação

1º Lodi (37 pontos), 2º Forte (35), 3º Valdagno (33), 4º Breganze (28), 5º Viareggio (27), 6º Follonica (25), 7º Sarzana (23), 8ºs Trissino e Monza (20), 10º Scandiano (18), 11º Amatori Vercelli (14), 12º Bassano (9), 13º Thiene (6), 14º Sandrigo (3)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade