Notícia

À conquista de Barcelona

Jul 06, 2019

Terminado o Mundial de Sub-19, as selecções absolutas de Portugal iniciam este fim-de-semana a participação nos respectivos Campeonatos do Mundo, que, pela segunda vez, integram os World Roller Games.

O objectivo é claro e é fazer melhor.

Se para a selecção feminina, orientada por Hélder Antunes, a margem é grande – Portugal ficou em sétimo em Nanjing -, para os masculinos de Renato Garrido fazer melhor significaria ser campeão e conquistar um título que escapa desde 2003. Na China, em 2017, a selecção das quinas perdeu na final para a Espanha no desempate por grandes penalidades.

Na primeira fase, de grupos, dos Mundiais deste ano, a selecção masculina defronta Colômbia, Argentina e Chile, ao passo que a feminina tem pela frente Itália, Argentina e Alemanha.

Independentemente da classificação, a selecção feminina seguirá sempre para os quartos-de-final, ao passo que a selecção masculina, vice-campeã da Europa e do Mundo só tem de procurar fugir ao quarto lugar. Tal não seria desde logo comprometedor, mas obrigaria a jogar uma indesejável poule de “continuidade” na corrida ao título na próxima quarta-feira com o vencedor do grupo B do Campeonato Intercontinental (Alemanha, Suíça, Austrália ou Brasil), uma espécie de “segunda divisão” nestes WRG.

Os Campeonatos começarão em Vilanova i la Geltrù, mas as finais, a 14 de Julho, são em pleno Palau Blaugrana.

Ficam os horários dos primeiros jogos das selecções nacionais, em horário de Portugal continental:

Seniores Femininos

• Itália vs Portugal • 6.Jul, 15h

• Portugal vs Argentina • 7.Jul, 13h

• Portugal vs Alemanha • 9.Jul, 13h

Seniores Masculinos

• Portugal vs Colômbia • 7.Jul, 19h

• Argentina vs Portugal • 8.Jul, 21h

• Chile vs Portugal• 9.Jul, 17h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade