Notícia

Pontos divididos adiam definição do primeiro lugar no grupo

Jul 09, 2019

Argentina e Portugal empataram a um golo em jogo da segunda jornada da fase de grupos, mas com uma intensidade e tensão já próprias de uma partida decisiva.

Entrou melhor no jogo a selecção de Renato Garrido, controlando bem os momentos de jogo. Mas, quando a partida ganhou mais velocidade, sobressaiu a fluidez da troca de bola albiceleste. Seria com os argentinos com ligeiro ascendente que Portugal se adiantaria no marcador, aos 15 minutos, com Gonçalo Alves a surpreender Valentin Grimalt num remate de muito longe.

Gonçalo Alves surpreendeu de meia distância

A Argentina, com forte influência do campeonato português, foi em busca do empate, mas com dificuldades para ultrapassar a bem urdida teia defensiva portuguesa. Lucas Ordoñez destacou-se na tarefa de ganhar milímetros – porque Portugal não permitia mais – para alvejar a baliza à guarda de Ângelo Girão, mas seria apenas de bola parada que conseguia marcar. E à segunda.

Lucas Ordoñez restabeleceu a igualdade, de livre directo

Foi já na segunda parte, aos seis minutos, depois da 10ª falta portuguesa e a culminar uma boa reentrada em pista dos de Negro Paez que Lucas desfeiteou Ângelo Girão de livre directo, cuja repetição da marcação num primeiro momento levou a muitos protestos do guardião português.

Restabelecida a igualdade, o jogo ficou mais tenso, quase numa guerra fria. Portugal era tacticamente superior, mas a Argentina procura brechas no seu quebrar de protocolo, em ataques rápidos.

Salomónico, Iván Gonzalez mostrou azul a Hélder e Nicolía

Em jogo estava o primeiro lugar do grupo, mas o passar dos minutos transformava esse primeiro objectivo na prova no mais importante do Mundo, e as equipas fizeram por o alcançar.

Depois da 10ª falta argentina – que Hélder Nunes não conseguiu transformar em golo – a seis minutos e meio do fim, as equipas soltaram-se em busca da vitória. Hélder e Nicolia veriam o azul no ponto alto da tensão no jogo, mas as equipas, recheadas de craques, não abrandaram na ausência destes, numa recta final de jogo emocionante… mas sem golos.

Rafa dispôs da última grande oportunidade, mas não conseguiu desfazer a igualdade

Nos derradeiros instantes da partida, Rafa perante Grimalt e Reinaldo Garcia perante Girão não conseguiram marcar e a divisão de pontos ficou selada.

O jogo seguiria para livres directos, que servirá como critério (derradeiro) de desempate. Na primeira série, Hélder Nunes e Nicolía marcaram, Gonçalo Alves, Pablo Alvarez, João Rodrigues e Lucas Ordoñez não. Depois, Hélder repetiu o feito, e Nicolía não, ficando assim Portugal com esta vantagem que só se aplicará se todos os outros critérios não decidirem. Ou seja, se Portugal e Argentina terminarem com os mesmos pontos, os mesmos golos marcados e os mesmos golos sofridos.

Esta terça-feira, no encerramento da fase de grupos, que definirá já jogos dos quartos-de-final, Portugal defronta o Chile (18h locais) ao passo que a Argentina defronta a Colômbia (22h).

Com mais um golo na diferença de golos, a Argentina lidera para já este grupo B e tem a vantagem de jogar já conhecendo o resultado de Portugal e sabendo quantos golos terá de marcar para ganhar o grupo.

No outro jogo do grupo B, o Chile venceu a Colômbia por 3-4 e fugiu ao último lugar do grupo, relegando a selecção orientada por André Torres para a disputa do playoff de acesso aos “quartos” – com uma equipa vinda do Campeonato Intercontinental – esta quarta-feira.

Telmo Pinto condicionado

Estranhando-se a não utilização de Telmo Pinto, Renato Garrido confirmou um condicionamento físico, por um toque num dedo de uma mão que, inclusivamente o impediria de agarrar o stick. O jogador está a ser recuperado, mas este ano de regresso à órbitra da selecção não está a ser feliz.

Recorde-se que em Montreux, na Taça das Nações, o jogador acabaria por regressar mais cedo a Portugal por lesão, falhando a celebração do triunfo da selecção.

Lesionado, Telmo Pinto não defrontou a Argentina.

Argentina vs Portugal

Campeonato do Mundo de Seniores Masculinos

Fase de Grupos, Grupo B, 2ª jornada

Pavilhão Isáac Gálvez, Vilanova i la Geltrù, Catalunha

8 de Julho de 2019, 22h locais

Árbitros: Ivan González (ESP) e Toni Ribó (ESP)

Resultado final: 1-1 (0-1 ao intervalo)

Argentina

Cinco inicial: Valentin Grimalt (gr), Carlos Nicolia, Pablo Álvarez, Matias Platero e Reinaldo Garcia

Jogaram ainda: Matias Pascual, Lucas Ordoñez (1), David Paez e Gonzalo Romero

Seleccionador: Jose Luis Paez

Portugal

Cinco inicial: Ângelo Girão (gr), João Rodrigues, Jorge Silva, Hélder Nunes e Henrique Magalhães

Jogaram ainda: Gonçalo Alves (1), Rafa e Miguel Vieira

Seleccionador: Renato Garrido

Acção disciplinar

Azul a Hélder Nunes e Carlos Nicolia.

Grupo B

• Chile 2-9 Argentina

• Portugal 8-2 Colômbia

• Colômbia 3-4 Chile

• Argentina 1-1 Portugal

Classificação: 1º Argentina (4 pontos), 2º Portugal (4), 3º Chile (3), 4º Colômbia (0)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade