Notícia

Portuguesas terminam em quinto

Jul 14, 2019

A selecção nacional feminina terminou o Campeonato do Mundo em quinto lugar, ao vencer a Alemanha por 7-3 no seu derradeiro jogo.

As alemãs, com o seleccionador Quim Puigvert a despedir-se do comando técnico, até se adiantaram, mantendo-se na luta pelo resultado até ao intervalo. Ao descanso, as portuguesas venciam por 4-3, com Marlene Sousa e Maria Sofia Silva a bisarem, contrariando o hat-trick da capitã alemã Maren Wichardt.

Na etapa complementar, com mais dois golos de Maria Sofia Silva – a assinar um poker – e um tento de Tânia Freire, Portugal disparou no marcador.

Maria Sofia Silva fechou o Mundial com quatro golos frente à Alemanha

Na fase de grupos, Portugal já vencera a Alemanha, então por 2-1, escapando ao último lugar de um grupo em que somara derrotas frente a Itália (3-2) e Argentina (1-3). No entanto, mesmo evitando a Espanha nos quartos-de-final, as portuguesas seriam afastadas da luta pelo título pelo Chile, orientado por José Querido.

Derrota frente ao Chile ditou fim do sonho

As portuguesas, às ordens do estreante Hélder Antunes, arredadas dos jogos decisivos no Palau Blaugrana (palco maior, onde não chegariam a jogar), venceriam depois a Suíça por 5-0, antes de nova vitória – este sábado – sobre as germânicas confirmar o quinto lugar. Um quinto lugar que é melhor que o sétimo de 2017, na primeira edição dos World Roller Games, mas muito aquém do vice-campeonato de 2016, em Iquique, no Chile.

A capitã Marlene Sousa foi a melhor marcadora portuguesa na prova

Portugal termina com um saldo positivo de 19 golos marcados e 14 sofridos, com a capitã Marlene Sousa a destacar-se como melhor marcadora lusa, com sete golos apontados. Nota de destaque merece também Ana Catarina Ferreira, que apesar do “modesto” registo de quatro golos, marcou em quatro jogos distintos, tantos como Marlene.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade