Notícia

Tó Silva estreia-se a ganhar

Nov 30, 2014

Almeirim marcou a estreia de Tó Silva no comando técnico da Oliveirense, após a saída de Vítor Fortunato. Mas a série negativa, com três derrotas consecutivas, não foi fácil de quebrar.

Logo na primeira jogada do encontro, Alexandre Andrade inaugurou o marcador (com o tempo contado manualmente nos primeiros cinco minutos) e, pouco depois, João Silva ampliou para 2-0. Mas, involuntariamente, foi o capitão da equipa de Almeirm a relançar as aspirações da Oliveirense. Num lance de Nelson Pereira, João Silva “traiu” o guarda-redes Francisco Veludo com um desvio que valeu o primeiro golo para os agora pupilos de Tó Silva.

Infeliz. João Silva desvia para o primeiro da Oliveirense

O golo abateu os anfitriões e Gonçalo Alves bisou para a reviravolta, voltando a colocar a Oliveirense na frente já perto do intervalo, depois de Johe ter restabelecido a igualdade a três.

O arranque da segunda parte mostrou uma Oliveirense mais tranquila, a parecer exorcizar os fantasmas das últimas exibições e, aos três minutos, Albert Casanovas dava a primeira vantagem de dois golos à equipa de Oliveira de Azeméis. Mas Os Tigres não baixaram os braços e João Silva reduziu novamente para a diferença mínima.

Poker. Gonçalo Alves marcou por quatro vezes

No entanto, a reacção da equipa almeirinense sofreu um rude golpe, traduzido em dois golos de Martin Montivero no espaço de um minuto. O primeiro surgiu num livre directo por um azul a João Silva após uma queda na área de Puigbi. O livre directo valeria também um azul a Francisco Veludo por se mexer na baliza duas vezes, o que deixou a equipa de Nifo – pese o golo sofrido – em “under play”, sofrendo João Patrício um segundo golo (o 4-7 na partida).

Ainda faltavam jogar mais de 15 minutos mas Os Tigres já não conseguiram voltar à disputa do resultado. Diogo Silva e Gonçalo Alves (este a completar um “poker") apliaram para 4-9 e o melhor que Os Tigres conseguiram foi reduzir para o 5-9 final, com Johe a bater Diogo Almeida, entretanto entrado para os últimos minutos de jogo.

Reacções

No final da partida, o HóqueiPT ouviu o treinador Pedro Nifo e o avançado Filipe Bernardino. O técnico elogiou a sua equipa frente a um adversário que tem valor para estar no topo da tabela, destacando o “under play” já na segunda parte como momento decisivo. Filipe Bernardino lamentou não ter ganho pontos para compensar pontos perdidos noutras partidas, focando-se no objectivo de terminar da melhor maneira a primeira volta.

Do lado da Oliveirense, Tó Silva falou de uma vitória tão necessária quanto justa na sua estreia como treinador, revelando-se agradado pela atitude dos seus jogadores. Albert Casanovas sublinhou a importância de uma vitória, que não foi fácil, como forma de motivação para o jogo da próxima semana frente ao Sporting.

Jogos relacionados

HC "Os Tigres"
5 : 9
29 Nov 18h00
UD Oliveirense
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade