Notícia

Primodivisionários entram mais cedo na Taça, mas só se defrontam nos 'oitavos'

Aug 22, 2019

É sem pompa e nenhuma circunstância que são conhecidos os novos moldes da Taça de Portugal, prova rainha do calendário nacional de Hóquei em Patins.

As alterações surgem entre aquelas que foram aprovadas na reunião de Direcção da Federação de Patinagem de Portugal a 24 de Julho, com o novo Regulamento Geral a ser publicado a 27 de Julho, e já com alterações - não discriminadas - a 30 de Julho e 8 de Agosto.

Sem ecos mediáticos da alteração, a 15 de Agosto o vice-presidente para o Hóquei em Patins, Vítor Ferreira, na forma de um auto-elogio, “comunicava” na sua página pessoal do Facebook a alteração regulamentar, e que faria notícia no ZeroZero pela entrada mais cedo das equipas da I Divisão em prova.

A “nova” Taça de Portugal

Nos novos moldes definidos, as equipas do apelidado Melhor Campeonato do Mundo passam a entrar na dita “prova rainha” logo nos 32-avos-de-final, que, esta época, estão agendados para 11 de Janeiro, quando antes apenas entravam em “jogo” nos 16-avos.

Os 32-avos-de-final contarão com 64 equipas, sendo que, esta época, 40 são das I e II Divisões (recorde-se que são excluídas as equipas “B”). As restantes 24 serão encontradas numa primeira eliminatória, a disputar a 9 de Novembro, em que entram as equipas da III Divisão e outras que se possam inscrever apesar de não disputarem nenhum campeonato nacional.

Primodivisionários só se poderão defrontar nos oitavos-de-final.

No entanto, esta entrada dos primodivisionários mais cedo em prova não é a única alteração relevante. Ao contrário do que acontecia, passa a haver uma restrição ao sorteio em que, quer nos 32-avos-de-final, quer nos 16-avos, as equipas da I Divisão não jogam entre si. Estas só se poderão defrontar nos “oitavos”.

Se por um lado, como anunciado pelo vice-presidente da FPP, tal promoverá a visita dos primodivisionários a pavilhões da III Divisão (se bem que o sorteio possa ditar que as equipas da III Divisão só recebam os seus pares ou equipas da II), por outro proporciona que – se as equipas fizerem valer o seu “estatuto” – entre as 16 equipas dos oitavos-de-final estejam 14 primodivisionários.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade