Notícia

Mão cheia de golos coroa Rafa Lourenço

Sep 24, 2019

Rafael Lourenço foi o melhor marcador da quarta edição da Elite Cup.

Apesar do Paço de Arcos, que se apresentou muito condicionado, não ter escapado ao último lugar, “Rafa”, com cinco golos apontados, foi o mais profícuo do torneio.

Com dois golos apontados frente ao Benfica e três na derrota frente ao Braga, o jogador apontou cinco dos seis golos do Paço de Arcos e, mesmo ficando em branco na derradeira partida com a Oliveirense, era o principal candidato ao triunfo como melhor marcador.

Rafa bisou frente ao Benfica e assinou um hat-trick frente ao Braga

Assim, depois de jogar às 9h, Rafa teve de aguardar pelo desfecho das outras partidas e – sem que ninguém superasse a sua mão cheia de golos – pela cerimónia de entrega de prémios, já por volta das 18h, para reclamar o seu. Entretanto, na transmissão em streaming do Record da final entre Sporting e Porto, estreou-se como comentador.

Para além dos golos, Rafa "assinou" os comentários à final da Elite Cup na transmissão do Record

O jogador, agora com 21 anos, representa o Paço de Arcos na principal categoria do Hóquei nacional desde 2018, depois de ter terminado a sua formação no Sporting.

Campeão europeu em 2016 às ordens de Luís Duarte, Rafa terminou o seu primeiro ano na I Divisão no top 20 dos melhores marcadores, com 19 golos, tantos como o mais conhecido Rafa do Futebol Clube do Porto.

Rafa recebeu o troféu de melhor marcador das mãos de Bernardo Ribeiro, director do Record

A Elite Cup proporcionou um momento caricato com ambos quando anunciou o Cinco Ideal – e entregou o respectivo prémio – para o campeão do Mundo dos dragões quando se queria referir ao jogador do histórico emblema da Linha.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade