Notícia

Em defesa dos títulos de 2018, campeões estão na final

Oct 18, 2019

Foto de capa: Federación Sanjuanina de Patín

O Leonardo Murialdo (masculino) e o Concepción (feminino) apuraram-se para a final do Campeonato Panamericano e vão defender os títulos conquistados o ano passado frente ao Club Valenciano e Unión.

No masculino, o Murialdo venceu tranquilamente o Casa d’Italia por 1-5 nas meias-finais, depois de nos “quartos” ter tido bem mais trabalho para ultrapassar o Banco Mendoza de Carlos López (ex-Benfica e Oliveirense) e dos irmãos Tamborindegui. Nesse jogo, após um empate a um, a decisão foi para grandes penalidades, com o Murialdo a marcar por duas vezes e o Banco Mendoza nenhuma.

Um ano depois da final com o Concepción no Recife, o Leonardo Murialdo - que em 2018 conquistou o título com o agora barcelense "Tato" Ferruccio - defronta na decisão um Club Valenciano que tem sido demolidor. Os “morcegos” venceram os três jogos da fase de grupos, afastaram nos “quartos” o Concepción de David Paez e Mariano Velazquez por 5-2 e carimbaram a presença na final com um triunfo claro por 8-4 sobre o Ciudad de Buenos Aires.

Com as presenças na final, Leonardo Murialdo e Club Valenciano (com os portugueses Sporting e Porto) no masculino, e Unión e Concepción (com as catalãs de Voltregá e Palau) no feminino, estão na decisão da Intercontinental.

No feminino, a decisão é entre Unión e Concepción, taxativos nas meias-finais. O Unión, com alguma surpresa, venceu o Andes Talleres, finalista em 2018, por 6-2. Luciana Torres foi a figura com um hat-trick – os três primeiros golos da sua equipa -, de pouco servindo os dois golos de Julieta Fernandez, ex-Gijon.

Afastado o último finalista vencido, o Unión terá pela frente o temível Concepción, campeão em título. Florencia Felamini assinou três dos golos da vitória por 1-5 sobre a UVT, com a portuguesa Marta Vieira (“Martinha”) a assinar o único golo das “comunitárias”, equipa orientada por Fabrizio Marimont, que em Portugal jogou na Oliveirense.

Mais informações nos sites da prova feminina e masculina.

A presença nas finais vale desde já a presença na Taça Intercontinental a Leonardo Murialdo e Club Valenciano no masculino e a Concepción e Unión no feminino. No masculino, as equipas argentinas terão pela frente as equipas portuguesas de Sporting e Porto, ao passo que no feminino as argentinas medirão forças com as catalãs de Voltregà e Palau.

Campeonato Panamericano Feminino

Quartos-de-final

• UVT (ARG) 3-2 Maipu Giol (ARG)

• Barrio Rivadavia (ARG) 1-2* Andes Talleres (ARG)

• Concepción (ARG) 6-2 San Agustín (CHI)

• Unión (ARG) 5-1 Estudiantil Porteño (ARG)

Meias-finais

• Unión (ARG) 6-2 Andes Talleres (ARG)

• UVT (ARG) 1-5 Concepción (ARG)

Final

• Unión (ARG) vs Concepción (ARG)

Campeonato Panamericano Masculino

Quartos-de-final

• Casa d’Italia (ARG) 3-1 Leon Prado (CHI)

• Leonardo Murialdo (ARG) 3-1* Banco Mendonza (ARG)

• Ciudad de Buenos Aires (ARG) 5-4 Estudiantil San Miguel (CHI)

• Club Valenciano (ARG) 5-2 Concepción (ARG)

Meias-finais

• Casa d’Italia (ARG) 1-5 Leonardo Murialdo (ARG)

• Club Valenciano (ARG) 8-4 Ciudad de Buenos Aires (ARG)

Meias-finais

• Leonardo Murialdo (ARG) vs Club Valenciano (ARG)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade