Notícia

Óquei 'vira' frente ao Benfica e 'vira' Campeonato na liderança

Jan 23, 2020

O Óquei de Barcelos venceu o Benfica por 6-4 e, independentemente do resultado entre Oliveirense e Porto (esta quinta-feira), será o líder no fim da primeira metade do Campeonato.

Em 13 jogos, o Óquei de Barcelos somou uma derrota (em Oliveira de Azeméis), dois empates (Torres Vedras e Braga) e os restantes 10 jogos por vitórias. A última esta quarta-feira rente ao Benfica, numa mostra de uma candidatura forte e real ao título que já conquistou em 1993, 1996 e 2001.

Alvarinho “revolucionou” o Clássico de Barcelos com um hat-trick

Depois de ter vencido o Sporting no João Rocha e o Porto no Municipal de Barcelos, o Óquei recebeu o Benfica e, aos 19 minutos, perdia por 0-3, com tentos de Lucas Ordoñez (2) e Miguel Vieira, no que parecia o esfumar do sonho. Mas, impulsionado por um pavilhão repleto (com centenas de adeptos impedidos de entrar e uma transmissão na página do Facebook do clube que ultrapassou os cinco milhares a acompanharem), os barcelenses reduziriam para a desvantagem mínima com dois golos de “Alvarinho” e nem o intervalo arrefeceu os ânimos. Logo após o reatamento, Alvarinho selou um hat-trick e igualou a contenda.

A recuperação de três golos é um tónico anímico indiscutível e o Óquei de Barcelos partiu para uma grande vitória. Miguel Rocha (de livre directo) e “Tato” Ferruccio construíram uma vantagem de dois golos e, depois de Adroher ter reduzido, Rocha, que chegou do Benfica no último defeso, voltou a marcar de livre directo para garantir o triunfo da equipa de Paulo Pereira.

O Óquei de Barcelos passa a somar 32 pontos, contra 31 do Benfica e do Sporting. Os leões venceram o Turquel por 5-3, numa vitória nada fácil…

Sporting vence no último minuto

Gonzalo Romero e Toni Perez deram dupla vantagem aos leões ainda não estavam cumpridos seis minutos, mas um golo de Xavier Lourenço, a um minuto do intervalo, lançou uma segunda parte com a diferença mínima no marcador.

Depois de duas derrotas (na Luz para o Campeonato e no João Rocha para a Liga Europeia, entremeadas de um triunfo para a Taça), o Sporting voltou a protagonizar uma exibição cinzenta e, apesar de, a meio da segunda parte, Pedro Gil fazer o 3-1, Vasco Luis repôs a igualdade com um bis.

Já depois de Xavier Lourenço e Gonzalo Romero desperdiçarem livres directos, a vitória leonina surgiria apenas no derradeiro minuto com Toni Perez e – com o Turquel sem guarda-redes – Pedro Gil a estabelecerem os números finais.

Sanjoanense sobe e Tigres e Viana “empatam-se”

Para lá da corrida ao título, houve mais dois jogos esta quarta-feira.

A Sanjoanense venceu o Braga por 4-1 e alcançou os bracarenses no sexto lugar. O argentino “acu” Navarro marcou o único tento da primeira parte e dilatou a vantagem da equipa de Vítor Pereira na segunda, antes das expulsões de Navarro e do bracarense “Joca” condicionarem os minutos finais do jogo.

Tiago Almeida fez o terceiro para os alvinegros e, apesar de Ângelo Fernandes lograr reduzir, o profícuo reforço de Inverno Hugo Santos confirmaria os três pontos praticamente sobre o apito final.

Gonçalo Neto assinou hat-trick em Almeirim

Mais a sul, em Almeirim, Os Tigres e Juventude de Viana estavam a par, com nove pontos, e a par continuaram. Num jogo em que Gonçalo Neto assinou um hat-trick, o empate final a quatro não agradará a nenhuma das equipas, que assim continuam abaixo da linha de água.

A 13ª jornada – e a primeira volta – encerra esta quinta-feira com um também aguardado duelo entre Oliveirense e Porto. As duas equipas, assumidas candidatas ao título, estão a par na classificação com 28 pontos.

I Divisão - 13ª jornada

Já realizados

• Física 2-1 Valongo

• Paço de Arcos 7-2 Riba d'Ave

• Sporting 5-3 Turquel

• Os Tigres 4-4 Juventude de Viana • 21h

• Sanjoanense 4-1 Braga

• Óquei de Barcelos 6-4 Benfica

Quarta-feira, 23 de Janeiro

• Oliveirense vs. Porto • 19h30 • Ricardo Leão e Miguel Guilherme

Classificação

1º Óquei de Barcelos (32 pontos), 2ºs Benfica e Sporting (31), 4ºs Oliveirense* e Porto* (28), 6ºs Sanjoanense e Braga (16), 8ºs Turquel e Riba d’Ave (14), 10º Valongo (13), 11º Paço de Arcos (12), 12ºs Juventude de Viana e Os Tigres (10) e 14º Física (4)

* com menos um jogo

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade