Notícia

Óquei de Barcelos aposta na magia de Dario Gimenez

Mar 08, 2020

Foto de capa: Gabriele Baldi

Desde Dezembro que são muitos os rumores de transferências nos corredores do Hóquei em Patins e nos órgãos que acompanham a modalidade, em particular sobre as cinco equipas da frente. Este sábado, arredado da corrida ao título depois de uma pesada derrota no Dragão Arena, o Óquei de Barcelos é o primeiro a oficializar uma contratação. O argentino Dario Gimenez trocará o Valdagno pelos barcelenses.

Sendo dadas como certas as saídas de Ezequiel Mena para o Porto e de Franco Ferruccio – a acompanhar o técnico Paulo Pereira – para a Oliveirense, o Óquei de Barcelos voltará a apostar no talento e na magia argentina. E, neste momento, falar de magia no Hóquei em Patins é falar dos livres directos de Dario Gimenez, fenómenos nas redes sociais. Mas os argumentos do internacional argentino de 33 anos vão muito para além desses duelos com os guarda-redes adversários.

Gimenez chegou a Itália em 2009 e representou Giovinazzo, Matera, Trissino e Bassano antes de rumar a Espanha e ao Lleida em 2016, sendo determinante na conquista da Taça CERS em 2018. Na final da prova assinaria o segundo golo num empate a dois, que levaria o jogo para prolongamento e depois grandes penalidades. A “vítima” foi o Barcelos.

Em 2018, Gimenez regressou a Itália para o ambicioso projecto do Valdagno e foi o melhor marcador da sua equipa. Esta época é novamente o mais profícuo, com 22 golos marcados em 20 partidas disputadas, o que lhe vale o oitavo lugar na lista de goleadores da Série A1, agora suspensa devido ao Coronavírus.

Gimenez esteve no Minho no passado mês de Dezembro, tendo assinado dois golos no empate a cinco em Braga, em jogo a contar para a primeira mão dos oitavos-de-final da Taça WSE. Na segunda mão, marcaria mais um golo, mas não evitaria a eliminação às mãos dos bracarenses.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade