Notícia

Futebol e Futsal 'fecham as portas', Hóquei (e Clássico) em espera...

Mar 10, 2020

Actualização: a FPP emitiu um comunicado com as medidas preventivas a adoptar.

A realização do Clássico entre Benfica e Porto está condicionado pelas medidas preventivas a aplicar em função da proliferação do novo coronavírus, o covid-19.

Não é só o Clássico que está em causa, mas - a curto prazo - será certamente o que maior impacto em termos mediáticos terá relativamente ao mundo do Hóquei em Patins. Esta segunda-feira, o governo - em anúncio do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita - recomendou a suspensão de eventos em espaços abertos com mais de 5000 pessoas e de eventos em espaços fechados (como pavilhões) com mais de 1000 participantes.

A nível europeu, o comité antecipou-se às recomendações de cada país e suspendeu indiscriminadamente todos os jogos da Liga Europeia, Taça WSE, Taça da Liga Feminina e Taça Latina.

Tal levou já esta terça-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional a decretar a realização dos jogos da I e da II Liga da próxima jornada à porta fechada e a Federação Portuguesa de Futebol determinou que todos os jogos das competições nacionais seniores de futsal decorram à porta fechada.

Vários jogos de Hóquei em Patins, mormente o Clássico, enquadram-se definitivamente na realização de eventos à porta fechada com mais de um milhar de intervenientes e aguarda-se uma posição federativa.

Para já, as medidas do governo são sugestões, mas estão a ser acatadas pela maioria das instâncias, e a decisão passará pela suspensão – como foi determinado pelo comité europeu nas competições europeias - ou a realização de jogos à porta fechada.

Em Espanha, a federação adiou as Taça do Rei e Taça da Rainha, que teriam lugar na Corunha, entre 19 e 22 deste mês.

Entretanto, sem medidas federativas decretadas, o Clássico está agendado para as 20h de próximo sábado. No entanto, depois de anunciada a venda de bilhetes a partir desta terça-feira, a mesma foi suspensa.

O jogo é relativo à 20ª jornada do Campeonato Nacional e é um duelo entre o líder Benfica (49 pontos) e o quarto classificado Porto (42 pontos). Na primeira volta, quando as duas equipas se defrontaram no Dragão Arena, a distância pontual cifrava-se nos seis pontos, tendo então a equipa de Guillem Cabestany encurtado a distância com uma vitória por 4-3. Para o Porto, vigente campeão nacional, uma vitória agora é fundamental para continuar a acalentar esperança na revalidação.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade