Notícia

Massimo assume Viareggio na A2

Jun 02, 2020

Massimo Mariotti foi anunciado como treinador do Viareggio na próxima temporada. O também seleccionador italiano, campeão da Europa em 2014, assume um desafio que se antevê complicado... na Série A2.

O Viareggio é um dos históricos italianos, mas grande parte do seu orçamento advém de um torneio de futebol juvenil que, este ano, devido à pandemia do CoViD-19, não se pôde realizar. Assim, e a não ser que surja uma milagrosa injecção financeira até ao fecho das inscrições (30 de Junho), o clube bianconero abdica da participação na Série A1 e assume a participação na Série A2, segunda divisão do Hóquei em Patins italiano.

Já conhecidas as saídas de Leonardo Barozzi e Fernando Montigel (falados para o Follonica), Elia Cinquini (Lodi) e Jepi Selva (que regressa à Catalunha), o Viareggio logrou segurar Samuele Muglia e Romeo D'Anna, o guarda-redes Emiliano Torre e os jovens Liam Rosi (20 anos), Niccolo Puccinelli (19), Luca Lombardi (18) e Matteo Cardella (16).

Para Massimo Mariotti, o desafio da A2 não é novo. Na temporada que agora termina, o técnico de 58 anos liderou o Grosseto, da sua cidade natal, numa fantástica campanha sem derrotas (15 vitórias e um empate) que culminou na subida à Série A1.

As cores do Viareggio também não são estranhas a Mariotti, que orientou os bianconeri entre 2010 e 2014, conquistando o "scudetto" em 2011. O único da história do Viareggio.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade