Notícia

Inês Vieira (também) de saída do Benfica

Jul 15, 2020

Inês Vieira está de saída do Benfica, juntando-se a outras saídas já anunciadas. O contrato de "Bé" com as águias terminou no fim de Junho e, sem acordo entre as partes, a jogadora está livre. Apesar de alguns rumores que a ligam ao Vilafranquense, a internacional portuguesa de 27 anos - com vários convites em cima da mesa - ainda não terá decidido o seu futuro.

Inês chegou ao Benfica em 2013, para o segundo ano do projecto - que se tornaria hegemónico - das águias no feminino. "Falharia" apenas a conquista do primeiro campeonato nacional do Benfica, quando ainda representava Os Lobinhos.

No entanto, ao serviço da equipa do concelho de Sintra já se sagrara campeã nacional em 2011, num ano em que conquistou também Taça de Portugal e Supertaça. Vencendo também Taça e Supertaça em 2012, chegaria às encarnadas já com hábito vencedor, mas nada como a afirmação que se seguiria.

De águia ao peito, e como esteio defensivo de Paulo Almeida, Bé conquistou seis campeonatos nacionais, seis Taças de Portugal, sete Supertaças e uma Liga Europeia, nunca tendo perdido qualquer jogo em competições nacionais.

Inês Vieira ("Bé") no Mundial, em 2019

Internacional absoluta portuguesa desde 2010, quando participou no mundial de Alcobendas, Inês Vieira falharia até 2015 apenas a presença no Mundial de 2012 (Recife, Brasil).

No que parecia ser um adeus à Selecção, não esteve presente nos Mundiais de 2016 (Iquique, Chile) e 2017 (Nanjing, China), mas regressaria às cogitações das Quinas ainda no "postulado" de Carlos Pires, no Europeu de 2018, mantendo-se como aposta para Hélder Antunes, no último Mundial, em 2019.

Mexidas

A saída de Inês Vieira juntar-se-á às já confirmadas oficialmente de Marta Piquero (regressa ao Gijón), Andreia Leal, Margarida Brandão, Leticia Corrales ("Lety") e de Ana Arsénio, esta última uma das "pioneiras" da equipa feminina do Benfica em 2012. Entre as atletas que estiveram no arranque do projecto, sobra agora apenas a guarda-redes Maria Celeste Vieira.

Quanto a entradas no grupo que continuará a ser orientado por Paulo Almeida, está apenas oficializada a argentina Flor Felamini (ex-Concepción). A jovem Inês Severino integrará a equipa principal em definitivo, depois de ter completado 14 anos em Maio, e será certo o acordo com Catarina Pedro (ex-Nafarros), esperando-se mais novidades.

A não continuidade de Inês Vieira abre uma lacuna a nível defensivo que deverá ser colmatada além-fronteiras.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade