Notícia

«A melhor primeira parte da minha equipa este ano»

Nov 10, 2020

Nuno Lopes era, naturalmente, um técnico satisfeito após o triunfo por 4-2 sobre o Braga. “Foi a melhor primeira parte da minha equipa este ano”, congratulou-se.

Contente como a sua equipa foi sólida e como controlou um “jogo altamente intenso” nos primeiros 25 minutos, Nuno Lopes queria ter garantido mais cedo os três pontos. “Na segunda parte, tínhamos de ter outra qualidade a finalizar e tínhamos de matar o jogo”, lamentou, elogiando o seu adversário.

Os bracarenses nunca foram submissos. “O Braga sempre acreditou que, com um golo, nos intranquilizava e dava a volta”, valendo dois factores determinantes. “Conseguimos anular a meia distância do Ângelo [Fernandes]” e o guardião Francisco Veludo “apareceu nos momentos certos”.

Com este triunfo, o quarto em sete jogos, o Tomar subiu a um inusitado 4º lugar, entretanto “perdido” pelo triunfo do Óquei de Barcelos em Riba d’Ave. Ainda assim, o 5º lugar – à frente de Oliveirense e Porto – é digno de registo.

“Não nos vamos meter em bicos de pés”, esclarece Nuno Lopes, consciente que a posição poderá escapar nos próximos jogos. Ainda assim, o trabalho pode dar frutos. “Temos de trabalhar duro e acreditar que podemos sempre ganhar qualquer jogo”, apontou, sendo o próximo desafio já esta quarta-feira, com a recepção ao Famalicense. A equipa de Famalicão, em Setembro último, já jogou e venceu – para a “liguilha” – em Tomar.

O objectivo é claro. “Temos de estar focados em crescer como equipa”, destacou, confidenciando uma espécie de “mote” entre os seus jogadores: “sem receber à profissional, trabalhar à profissional”.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade