O meu jogo

«Mostrámos a nossa coesão»

Jan 23, 2015
Pedro Vaz

O Turquel foi um dos protagonistas da jornada com um vitória em Viana que lhe valeu a subida ao sétimo posto. Pedro Vaz “secou” o habitualmente profícuo Luís Viana e ainda apontou três dos quatro golos turquelenses. Fica o testemunho do internacional jovem português.

Era um jogo muito importante para a nossa equipa. Não só - mas também - devido ao nosso último resultado, onde não estivemos bem e perdemos contra a Sanjoanense. Sabíamos que ia ser um jogo complicado frente a um adversário directo nos nossos objectivos, que neste momento tem no seu plantel o melhor marcador do campeonato e que é conhecido por todos como um exímio marcador de bolas paradas. Por isso mesmo, tínhamos objectivos bem definidos para este jogo e não podíamos deixar que o jogo caísse na discussão pelas bolas paradas. Tínhamos também de defender de forma bastante compacta de forma a tentar impedir o forte jogo dos avançados da Juventude Viana.

Entrámos bem no jogo e desde bem cedo fomos conseguindo manter o plano de jogo que tínhamos traçado e trabalhado para este jogo. A meio da primeira parte sofremos o 1-0 num contra-ataque. Não fomos abaixo porque conseguimos marcar na jogada seguinte, de meia distância. Até ao intervalo tivemos ainda um livre directo contra nós, por azul ao Paulo Passos, mas o Marco [Barros] conseguiu defender. E durante o “powerplay” mantivemos a calma e a consistência que vínhamos tendo ao longo da primeira parte, que terminou em simultâneo com esta inferioridade numérica.

Ao intervalo percebemos que estávamos a fazer um bom jogo apesar de estarmos com o jogo empatado. Corrigimos, portanto, apenas alguns pormenores. Mas quando entrámos em campo, sofremos um golo, praticamente no início, num remate cruzado. Passados cerca de cinco minutos, íamos a sair para um contra-ataque quando o Vasco [Luís] é rasteirado e beneficiámos de um livre directo e cartão azul ao adversário. Apesar de termos falhado a conversão dessa falta grave, empatámos quando estávamos em superioridade numérica. A partir desse momento a Juventude Viana apostou num jogo mais directo mas nós respondemos com eficácia, não deixando que conseguisse ter bolas de golo com essa estratégia.

Já perto do final, numa saída de contra-ataque, passámos pela primeira vez para a frente do marcador. Ainda tivemos mais uma adversidade, porque no minuto seguinte foi marcada uma grande penalidade contra nós. Mais uma vez o Marco mostrou porque é um dos melhores guarda-redes do nosso campeonato. Fez uma grande defesa e manteve-nos na frente.

A Juventude Viana foi obrigada a subir mais a sua defesa e nós aproveitámos. Tivemos uma grande penalidade e, desta vez, o Vasco conseguiu concretizar.

Foi uma vitória muito saborosa contra uma boa equipa e onde mostrámos a nossa coesão, a união que reina no nosso balneário e onde fomos bastante inteligentes na forma de controlar o jogo. Vamos continuar a nossa caminhada desta forma, sabendo que temos já mais um jogo importante no sábado, frente ao Benfica, onde vamos tentar oferecer aos nossos adeptos um grande jogo e uma grande vitória. Contamos mais uma vez com eles!

Jogos relacionados

A Juv Viana
2 : 4
21 Jan 21h30
HC Turquel
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade