Notícia

Debacle para os primeiros

Jan 18, 2021

Foto de capa: Luigi Mecenero

A 15º jornada da Serie A1 viu os três primeiros perderem pontos. Lembrando outros duelos decisivos de Nuno Resende, o Trissino venceu o campeão Forte. A meio da tabela, o Follonica de Sérgio Silva goleou o Montebello. #SerieA1

A presente temporada da Serie A1 tem sido marcada por alguns resultados inesperados das equipas que vão passando pelos lugares cimeiros e, este fim-de-semana, os três primeiros perderam pontos. O Forte perderia mesmo o lugar que tinha no "pódio".

O líder Lodi "safou-se" com o melhor resultado entre os três primeiros: um empate. Na pista do Correggio, o Lodi marcou primeiro por Jordi Mendez, mas depois teve de andar atrás do resultado. Entre catalães, Mendez bisaria, tal como Torner, mas os "gialorossi" não iriam além de um 5-5.

O empate do Lodi até lhe permite aumentar a vantagem para o segundo. O Valdagno perdera em Forte dei Marmi a meio da semana e voltou a perder, agora em Bassano, por 5-3. Num jogo em que Sergio Festa (Bassano) e De Oro (Valdagno) foram expulsos, André Centeno até marcou um golo, mas não evitaria a segunda derrota consecutiva.

Na classificação, o Valdagno é apanhado pelo Sarzana. Com quatro golos de Joan Galbas, a equipa de Alessandro Bertolucci venceu por 6-1 um Scandiano fragilizado por casos positivos de SARS-CoV-2 e aproveitou o desaire do Forte.

Nuno Resende bate campeão

Ao serviço do Lodi, Nuno Resende protagonizou vários duelos decisivos com o Forte. Com o Trissino, perdera na primeira volta por 5-3 e tinha agora oportunidade para "ajuste de contas". E venceu por 7-5.

Andrea Malagoli, com um poker, foi o herói de um jogo em que João Pinto e Emanuel Garcia também marcaram. O Trissino nunca esteve em desvantagem e decidiu o jogo a seis minutos do final, quando dilatou de 4-3 para 6-3 num ápice, precisamente com os golos de João e Emanuel.

O triunfo não vale a subida na classificação, mas permite a aproximação pontual aos da frente, passando o Trissino a somar 27 pontos, a três do Forte e quatro de Sarzana e Valdagno. O Lodi, no topo, está a sete pontos.

Sérgio Silva vence Nuno Paiva e Diogo Neves aproxima-se

Depois de um início tremido, o Follonica de Sérgio Silva tem protagonizado uma boa campanha e nesta ronda venceu o Montebello por claros 3-8 e ascendeu ao sétimo lugar.

Diego Nicoletti ainda "anulou" o primeiro golo do Follonica, mas depois a equipa de Sérgio Silva disparou no marcador, com Marco Pagnini a ser o mais certeiro, com três golos.

Confirma-se a apetência de Sérgio para vencer as equipas com portugueses, batendo a de Nuno Paiva depois de também ter vencido as de Nuno Resende, João Pinto e Caio (Trissino) e a de Diogo Neves (Sandrigo). Falta comprovar esse "fado" frente ao Valdagno de André Centeno, que o Follonica visita na próxima jornada.

Na corrida aos playoffs, o Montebello vê o Sandrigo aproximar-se. A equipa de Diogo Neves venceu o Breganze por 4-3 e está a apenas três pontos da equipa de Nuno Paiva e do seu oitavo lugar.

Ainda em busca dos primeiros pontos, o Breganze teve em Pol Galiffa o mais inconformado, mas os três golos do catalão foram insuficientes para evitar o triunfo do Sandrigo. Cacau bisou.

Já na fuga aos últimos lugares de Scandiano e Breganze, Monza e Grosseto empataram - a cinco - e dividiram pontos.

Na próxima ronda, destaque para o duelo luso entre Valdagno e Follonica, mas também para a visita do Sarzana (3º) à caso do líder Lodi.

15ª Jornada

• Grosseto 5-5 Monza

• Bassano 5-3 Valdagno

• Sandrigo 4-3 Breganze

• Sarzana 6-1 Scandiano

• Montebello 3-8 Follonica

• Correggio 5-5 Lodi

• Trissino 7-5 Forte

Classificação

1º Lodi (34 pontos, 14 jogos), 2º Valdagno (31 pontos), 3º Sarzana (31), 4º Forte (30), 5º Trissino (27), 6º Bassano (24), 7º Follonica (22), 8º Montebello (21), 9º Sandrigo (18), 10º Correggio (14), 11º Grosseto* (12), 12º Monza (10), 13º Scandiano* (5), 14º Breganze (0)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade