Notícia

Uma pista que não é 'para meninos'

Jan 27, 2021

No masculino, Sanjoanense e Valongo adiaram a sua partida, mas, no feminino, Sanjoanense e Carvalhos jogaram. A diferente velocidade de jogo explicará opções distintas numa pista que estará à prova novamente esta quarta. #PrimeiraDivisão #HóqueiFeminino

Às 16h30 de passado sábado, a Sanjoanense recebia no Pavilhão dos Desportos o Valongo. Numa sã concordância em prol do bem estar dos atletas, os treinadores Vítor Pereira e Edo Bosch entenderam que não havia condições para a prática condigna da modalidade e Sanjoanense e Valongo acordaram com os árbitros Florindo Cardoso e Rui Torres a não realização da partida, entretanto já reagendada para 3 de Fevereiro.

A pista não estava "para meninos".

Mas estava para meninas.

Volvidas três horas e meia subiram à pista as equipas femininas da Sanjoanense e do Carvalhos. E foram a jogo.

"A pista estava com alguns problema, mas concordou-se em começar o jogo. Não houve muitas quedas, durante o jogo recordo-me talvez de duas quedas. O ritmo é totalmente diferente", explica-nos Jorge Moreira, treinador da Sanjoanense.

"Durante a tarde foram ligadas ventoinhas para ajudar a secar a pista e conseguiu fazer-se o jogo. Se fosse masculino, com maior velocidade, acredito que não se conseguisse", ressalva, referindo que, por exemplo, no treino desta terça-feira a pista estava mais húmida, mais complicada, depois de um dia de chuva intensa.

No jogo, Joana Rodrigues inaugurou o marcador aos nove e Daniela Silva ampliou cinco minutos depois, tudo ainda na primeira parte. O jogo terminaria com 11 faltas da Sanjoanense (Raquel Santos desperdiçou o livre directo da 10ª) e seis do Carvalhos, sem qualquer problema físico a registar.

Entretanto, o jogo entre Sanjoanense e Carvalhos acabaria por ser o único jogo da terceira jornada do grupo 1 da segunda fase. O outro jogo que continuava em agenda, entre Académico da Feira e Infante Sagres, foi adiado. Devido às condições da pista.

Condições para Óquei de Barcelos?

Esta quarta-feira, a Sanjoanense recebe o Óquei de Barcelos em jogo em atraso da 10ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão de Seniores Masculinos. Mas as condições da pista poderão colocar em risco a realização do jogo, com início previsto para as 20h30.

O Pavilhão dos Desportos da Sanjoanense completa 61 anos no próximo dia 13 de Fevereiro e nos últimos anos tem mostrado alguma degradação, particularmente notória em dias de chuva permanente.

A equipa masculina da Sanjoanense, orientada por Vítor Pereira, não treina ali há uma semana e esta quarta-feira será de esforços para que a pista esteja em condições de colocar à prova o líder do campeonato, depois de nem Benfica (4-4), nem Sporting (3-3) ali terem conseguido os três pontos.

A partida terá arbitragem de Joaquim Pinto e José Manuel Pereira, nas mãos de quem estará, em última análise, a realização da partida.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade