Notícia

Porto vira desvantagem de três golos e não deixa fugir Barcelos

Jan 31, 2021

Recuperando de uma desvantagem de três golos em Braga, o Porto manteve-se a uma distância de quatro pontos (e menos um jogo) do Óquei de Barcelos, que venceu em Valongo. Na próxima jornada, os dragões recebem os barcelenses. #PrimeiraDivisão

Não facilitando no topo da classificação, o Óquei de Barcelos venceu em Valongo por 1-4, numa vitória com particular significado. Os barcelenses tinham empatado na primeira volta, na recepção à equipa de Edo Bosch, e mostram agora a sua vitalidade na liderança do campeonato.

O triunfo barcelense começou a ser construído a quatro minutos do intervalo, com Dario Gimenez a transformar em golo o livre directo correspondente à 10ª falta da equipa da casa. Aos cinco da eta complementar, Dario bisou, de grande penalidade.

Nuno Araújo, também da marca de grande penalidade, reduziu, mas o Óquei de Barcelos não tremeu. Nos derradeiros quatro minutos, Tomás Pereira e Reinaldo Ventura sentenciaram o jogo para três pontos que coloca crescente pressão nos perseguidores, apesar dos jogos que têm em atraso. O Sporting está a nove pontos e o Benfica a 10, ambos com dois jogos em atraso, ao passo que a Oliveirense, com três jogos para "acertar" está a 12.

Reviravolta nas Goladas

Na perseguição mais próxima continua o Porto, que na próxima jornada recebe os barcelenses. Os dragões venceram em Braga por 3-6 e mantêm-se a quatro pontos e com um jogo em atraso.

Em Braga, os números do triunfo portista não reflectem de maneira nenhuma as dificuldades sentidas pela equipa de Cabestany. Sem golos na primeira parte, Diogo Seixas inaugurou o marcador para os bracarenses aos três minutos da etapa complementar. E o capitão Ângelo Fernandes bisava de livre directo para o 3-0, com Gonçalo Alves e Di Benedetto a desperdiçarem bolas paradas pelo meio.

Tudo parecia correr mal aos dragões, lembrando o desaire na pretérita temporada (6-2). No entanto, Mena respondeu ao terceiro bracarense quase de imediato, quebrando a resistência de Leonardo Pais e alimentando a esperança azul-e-branca.

O Braga foi recuando e, a seis minutos e meio do fim, Xavi Barroso reduziu para a margem mínima de grande penalidade. À entrada dos derradeiros cinco minutos, Ângelo Fernandes desperdiçou o seu terceiro livre directo e, ironicamente, depois de ter transformado dois em golo, tal seria fatal.

Em três minutos, Gonçalo Alves transformou com um hat-trick uma iminente derrota numa vantagem de dois golos e, já no ultimo minuto, Carlo Di Benedetto fechou as contas.

Sanjoanense vence fora

Em Almeirim, a Sanjoanense somou uma importante vitória na luta pela manutenção. Frente a'Os Tigres, o resultado foi feito na primeira parte.

Pedro Cerqueira inaugurou o marcador para os alvinegros e Hugo Santos colocou a equipa de Vítor Pereira novamente na frente depois de Diogo Alves ter restabelecido a igualdade.

No seu já característico assomo nos minutos finais, a equipa de André Luís ainda dispôs de duas bolas paradas, mas Tiago Freitas segurou a vantagem e três pontos que valem uma "almofada" de seis pontos acima da temida "linha de água".

Crença do Turquel vale mais um ponto

Na Aldeia do Hóquei, o acreditar até ao apito final valeu mais um ponto. Depois da recuperação frente ao Óquei de Barcelos, a equipa de João Simões voltou a segurar um ponto nos momentos finais da partida frente a um emblema minhoto.

Já nos seis minutos finais, um azul a Salvador André permitiu ao gaulês Remi Herman inaugurar o marcador de livre directo. O Turquel foi em busca do empate e, sem ter de viver o "drama" até aos derradeiros segundos, lograria igualar a minuto e meio do fim, por Vasco Luís, conseguindo mais um ponto na luta pela permanência contra equipas da primeira metade da tabela.

Nas duas próximas jornadas, o Turquel desloca-se a Braga (12º) e recebe o Riba d'Ave (11º) em dois jogos que serão fundamentais nas aspirações turquelenses a continuar no escalão maior.

17ª jornada

• Braga 3-6 Porto

• Os Tigres 1-2 Sanjoanense

• Valongo 1-4 Óquei de Barcelos

• Turquel xxx Juventude de Viana

• Famalicense vs. Sporting • adiado

• Benfica vs. Riba d'Ave • adiado

• Oliveirense vs. Tomar • adiado

Classificação

1º Óquei de Barcelos (42 pontos, 17 jogos), 2º Porto* (38) 3º Sporting** (33 pontos), 4º Benfica** (32), 5º Oliveirense*** (30), 6º Tomar** (24), 7º Valongo** (21), 8º Juventude de Viana* (19), 9º Sanjoanense* (16), 10º Famalicense** (15), 11º Riba d’Ave** (12), 12º Braga* (10), 13º Turquel* (10), 14º Os Tigres** (7)

* menos um jogo, ** menos dois jogos, *** menos três jogos

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade