Notícia

Poker do improvável Ramon alimenta sonho do Palafrugell

Feb 18, 2021

Foto de capa: Club Hoquei Palafrugell

O Palafrugell venceu em Calafell e deu um passo rumo à Taça do Rei, mas o Girona só depende de si para "roubar" a vaga dos alvinegros. Borja Ramon foi o herói de um triunfo que vale, desde já, a confirmação do apuramento do Noia. #OkLiga #CopaDelRey

No pavilhão Joan Ortoll, Calafell e Palafrugell defrontaram-se esta quarta-feira com três pontos em mente. E o sonho de uma presença na Taça do Rei.

Para uma e outra equipa, apenas os três pontos desta partida não seria garante da presença - sempre dependente do jogo entre Girona e Calafell que encerrará a primeira volta - na grande festa do Hóquei em Patins espanhol, mas o jogo foi disputado como se de uma final se tratasse.

Logo nos primeiros instantes de jogo, Sergi Torné inaugurou para a equipa da casa. Marc Figa igualou quatro minutos volvidos, ainda não estavam cumpridos cinco de jogo, mas o Calafell estava melhor. Marc Palau e Eloi Mitjans fizeram o resultado disparar para 3-1.

No entanto, a equipa orientada por Pere Varias e que conta com o internacional português "Xano" Edo na baliza não seguraria a vantagem. Borja Ramon fez dois golos num ápice a três minutos do descanso e deixou tudo como no início para a etapa complementar.

Herói improvável

De regresso dos balneários, Guido Pellizzari - que em Portugal representou o Valença - desequilibrou o marcador aos quatro minutos, colocando novamente os anfitriões a vencer. Mas, no 11º minuto, Borja Ramon - que já bisara - vestiu definitivamente a capa de herói. Improvável.

Borja Ramon, de 31 anos, só marcara três golos nos anteriores 18 jogos, falhando todas as cinco tentativas de que dispusera de livre directo. Na primeira parte deste jogo no Joan Ortoll, Borja já quebrara a malapata. E faria muito melhor.

Neste 11º minuto, Borja, em mais dois livres directos - primeiro por azul a Pellizzari, depois na 10ª falta do Calafell - virou o jogo, selando um poker com três livres directos transformados em golo em outras tantas oportunidades.

Borja Ramon, com um poker, marcou mais golos do que nos 18 jogos anteriores. E marcou três vezes de livre directo, quando esta temporada ainda não transformara nenhum em golo.

Pela primeira vez à frente do marcador com 14 minutos para jogar, a equipa de Xevi Garcia poderia ter carimbado a vitória, mas a "mão quente" de Borja Ramon arrefeceu... Dispôs de mais dois livres directos, mas não conseguiu bater Xano aos 15 minutos, depois de novo azul a Pellizzari, nem a dois minutos e meio do fim, na 15ª falta dos locais. Pouco depois, para felicidade dos visitantes, Eloi Mitjans não aproveitaria na 10ª falta adversária e os três pontos - e o sonho da Copa - foram mesmo para Palafrugell.

Girona a um empate da Copa

Apesar do Palafrugell, que subiu à OK Liga em 2019, ocupar agora um dos lugares de acesso à Taça do Rei, o derradeiro jogo da primeira volta poderá ditar o apuramento do Girona em vez dos alvinegros.

No próximo dia 24 de Fevereiro, o Girona recebe o Calafell e "bastará" aos de Ramon Benito empatar para reclamarem o oitavo lugar. Se vencerem, saltam para sétimo, sendo que será sempre o Palafrugell a equipa empurrada para fora dos oito primeiros.

Noia apurado

Na expectativa do jogo entre Calafell e Palafrugell estava o Noia. No sétimo lugar, a possibilidade de perda de um lugar na Taça do Rei era uma realidade matemática, mas praticamente uma impossibilidade desportiva.

A vitória do Palafrugell por "apenas" um golo quando tinha de vencer por 11 para colocar em causa o apuramento do Noia, deixa a equipa de Ferran López com um dos objectivos da época, que tem sido pautada pela irregularidade, cumpridos.

O Noia junta-se aos já apurados Liceo, Barça, Caldes e Reus (os quatro cabeças-de-série) e Lleida e Voltregà.

OK Liga - Primeira volta

Jogos em atraso

• Girona vs. Calafell • 24.Fev • 21h

Classificação

1º Liceo (43 pontos / 15 jogos)

2º Barcelona (40 / 15)

3º Caldes (32 / 15)

4º Reus (32 / 15)

5º Lleida (32 / 15)

6º Voltregà (21 / 15)

7º Noia (20 / 15)

8º Palafrugell (20 / 15)

9º Girona (19 / 14)

10º Taradell (14 / 15)

11º Igualada (13 / 15)

12º Calafell (13 / 14)

13º Lloret (12 / 15)

14º Vendrell (11 / 15)

15º Vic (10 / 15)

16º Mataró (5 / 15)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade