Notícia

A ameaça da pandemia

Mar 31, 2021

Este 31 de Março fica-se a 10 dias do primeiro jogo da fase de grupos da Liga Europeia. Quem ficar agora positivo, já não jogará... #LigaEuropeia #CoViD19

Foram muitos os casos positivos de SARS-CoV-2 que se registaram esta temporada. No drama a nível mundial que tem sido esta pandemia, não é conhecido nenhum caso com consequências graves no Hóquei em Patins, existindo "apenas" - numa visão fria - impacto a nível desportivo, nomeadamente de planeamento.

Os casos positivos afastaram jogadores e treinadores. Alguns redundaram em autênticos surtos no grupo de trabalho, levando a necessária quarentena pelo positivo ou o isolamento profiláctico dos planteis ao adiamento de jogos.

Agora, na Liga Europeia e tal como aconteceu com o Porto na Taça 1947, não há adiamento possível. E, a partir deste 31 de Março, os 10 dias de isolamento que ditam os protocolos sanitários em Portugal e Espanha, já comprometem a participação na Liga Europeia, cuja primeira fase decorre de 9 a 11 de Abril, no Luso.

Ainda que toda a pandemia seja um universo desconhecido, diz-se que um positivo diminui a probabilidades de novo contágio, apontando-se a uma imunidade de três meses.

Se essa imunidade de um trimestre for real, Oliveirense e Sporting atingidos por surtos no final de Janeiro, serão os que poderão ter uma Páscoa mais "descansada". Reus, fustigado a partir do meio de Janeiro, estará mesmo no limite dos tais três meses, já largamente ultrapassados por Benfica (meados de Novembro) ou Porto (início de Dezembro).

No Óquei de Barcelos foram conhecidos dois casos (Luís Querido e Rui Neto) em Novembro, mas nem houve isolamento do restante plantel, nem jogos adiantados. Já um positivo do Noia agora em Março levaria, por um mais rígido protocolo na OK Liga, ao adiamento da partida frente ao Lloret.

Óquei de Barcelos e Noia terão de ter cautelas acrescidas com os seus quase incólumes grupos de trabalho para que não surjam positivos que impeçam a entrada na "bolha" do Luso. Tal como Liceo e Barça, ambos do grupo C do Benfica, que até agora passaram ao lado da pandemia.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade